O que são meios eletrônicos e plataformas de pagamentos?

Melhore a experiência de compra do cliente com o uso dos meios eletrônicos e plataformas de pagamento

Avaliação
4.0 (2 votes)

Publicado em 17/03/2020 | Atualizado em 17/03/2020

Imagem do Topo
Rapaz relizando compras pelo site

Em seu dia a dia, com quanto dinheiro você anda na carteira? Possivelmente não com um valor suficiente para suprir seus gastos diários. Talvez você nem perceba, mas a todo momento utiliza os meios eletrônicos para pagamento das despesas. Estes meios são instrumentos para facilitar a compra presencial ou via internet através de diversas plataformas e substituem o dinheiro “físico”, mantendo o seu valor.

As plataformas de pagamento dão suporte a todo tipo de empresa, das grandes corporações, lojas físicas, virtuais, inclusive para o Microempreendedor Individual. Elas existem para facilitar o processo de compra e venda, e devem ser aproveitadas na sua integralidade por aqueles que estão começando a empreender ou os que já tem empresas estabelecidas.

Simplificar o processo de compra e torná-lo um ato prazeroso passa também pela forma como facilitamos o pagamento de um produto ou serviço. Lembre-se que você, antes de ser um empreendedor, também é cliente de alguém. Pense nas vezes em que já teve alguma dificuldade em efetuar um pagamento para terceiros e como isso pode ser um detalhe crucial na decisão de compra. Desta forma, nunca esquecerá como é importante ter uma atenção especial para os meios de pagamento que sua empresa pode disponibilizar. Por isso a importância de entender que, quanto mais formas de pagamento você oferecer, entre dinheiro, débito e crédito – parcelado ou não, maiores são as suas chances de realizar uma venda.

Por que usar meios eletrônicos de pagamento na minha empresa?

As plataformas eletrônicas não são obrigatórias em um negócio. Elas existem para facilitar o processo de compra e venda tanto para o consumidor, como para a empresa.  

Conheça algumas vantagens de diversificar a forma de pagamento:

📌Aumenta a quantidade de consumidores, pois oferece facilidade de pagamento;

📌Diminui as chances de roubo, fraude ou até mesmo erro humano. Ter uma quantidade considerável de dinheiro em mãos é um risco em potencial. Até um pequeno troco errado faz diferença na hora de fechar as contas;

📌Facilita o controle das finanças, afinal, com alguns cliques você movimenta todo o dinheiro da empresa que está em um ambiente virtual. Quando lida apenas com dinheiro em espécie pode cair na armadilha de usá-lo de forma precipitada, misturando dinheiro pessoal com o dinheiro da empresa;

📌Aumentam a mobilidade do empreendedor, pois existem opções de máquina sem fio que podem ir até o consumidor; 

📌Possibilitam as vendas via internet;

📌Permitem vendas a prazo e parceladas, onde o cliente não precisa dispor de todo o capital no momento da compra;

Embora exista uma série de vantagens no uso de meios eletrônicos para pagamento, não podemos deixar de observar a desvantagem que esta utilização gera. Eis algumas delas:

Existe um custo na intermediação financeira para o uso destas ferramentas que precisa ser levado em conta. Este custo deve ser avaliado, deve ser considerado como vai impactar no preço do seu produto ou serviço.

Quais são os tipos de Instrumentos eletrônicos de pagamento (IEP)? 💻📲

Os instrumentos eletrônicos de pagamento (IEP) são os meios utilizados para oferecer ao cliente uma possibilidade de pagamento online. O uso da modalidade de pagamento em débito automático ou boleto de cobrança por exemplo, necessitam de uma infraestrutura para funcionar passando por agências bancárias, terminais de autoatendimento, terminais de captura, computadores, celulares dentre outras tecnologias. 

O fato de não receber o dinheiro em espécie no ato da compra exige que o empreendedor tenha um capital de giro disponível para cobrir esse valor e arque com os custos de um possível parcelamento das compras.

Como utilizar as plataformas de pagamento online em meu negócio?

A possibilidade de fazer compras seguras através de alguns poucos cliques no computador era uma ideia inimaginável a pouco tempo atrás. Dificilmente um cliente confiaria em uma empresa que não tivesse uma loja física e muito menos colocaria seus dados de cartão de crédito em qualquer site na internet.  Os tempos mudaram e o mercado também precisou mudar para se adequar às novas necessidades dos clientes.

🕐A agilidade no processo de compra é um item primordial para muitas pessoas e para isso acontecer, é importante dominar a tecnologia para pagamento online. 


Atualmente muitos empreendedores utilizam a internet para divulgar e vender seus produtos e serviços, disponibilizando plataformas de pagamento online para facilitar a experiência do consumidor.

🔐 É possível oferecer um ambiente virtual seguro para compras e se houver algum erro ele pode ser revertido sem maiores dificuldades a exemplo de uma compra extraviada ou pagamento em duplicidade.   

No ambiente online o uso de cartões de pagamento são as opções mais utilizadas e para isso o empreendedor pode fazer uso de um gateway, uma espécie de máquina de cartão virtual, dentro do site, em um local específico para pagamentos. É neste local que o cliente vai digitar os dados e efetuar o pedido, finalizando a compra. Esta ferramenta funciona da mesma forma que um pagamento realizado em loja física, com os mesmos prazos e taxas.

Para aqueles empreendedores que podem dispor de maiores investimentos, existem outros tipos de ferramentas com mais opções e que utilizam intermediários nas transações financeiras. Existem muitas opções de plataformas de pagamento online disponíveis no mercado e você pode pesquisar qual delas atende melhor sua empresa, avaliando as condições de recebimento e taxas de uso.

O uso de meios eletrônicos de pagamento pode encarecer o preço dos produtos e serviços de minha empresa?

Desde o dia 27 de junho de 2017, entrou em vigor a Lei 13.455/2017 na qual autoriza os empresários a praticarem preços diferenciados em compras por meio de cartões de crédito ou débito. Essa medida legaliza uma prática que já era bastante utilizada por empreendedores, oferecendo descontos aos clientes que optarem por pagamento em dinheiro.

Como implantar o uso dos cartões de pagamento na minha empresa?

Hoje em dia, não é incomum encontrar um empreendedor informal utilizando uma máquina de cartão de crédito. São vendedores ambulantes, microempreendedores individuais e até pessoas físicas têm acesso a um instrumento de pagamento eletrônico. Existem muitas opções disponíveis no mercado e o acesso a elas é direto, sem intermediação de outras empresas ou bancos. Algumas não cobram taxas de aluguel, funcionam via wifi, bluetooth ou chip e já aceitam os principais cartões. São muitas marcas disponíveis e a postura ideal é pesquisar o que cada uma oferece; principalmente os planos e taxas para uso das bandeiras, cartões de débito e crédito. Verifique qual é a melhor opção de acordo com seu volume de vendas e perfil de pagamento preferencial dos seus clientes.   

Ainda que ofereça muitas vantagens, existem tipos de cartões diferentes entre si e nem todos podem ser adequados para sua empresa. 

Conheça alguns deles: 

💳Cartão de Débito: O pagamento é efetuado a vista, debitado na conta do usuário, durante o processo de compra. É necessário que o cliente tenha recursos disponíveis em sua conta corrente para a transação;   

💳Cartão de Crédito: Esta ferramenta trabalha com um limite de crédito pré-aprovado onde o cliente pode fazer despesas de compras e saques em espécie, nos caixas eletrônicos da rede conveniada, sem ter o recurso financeiro no ato da transação.  

💳Cartão Private Label: Esta plataforma é mais utilizada em grandes lojas de departamento, redes de supermercado ou lojas especializadas. Ela funciona como um cartão de crédito específico para ser utilizado somente nas lojas credenciadas.  

💳Cartão Pré Pago: Estes cartões têm uma carga de crédito pré-definida e usados preferencialmente nos ramos de alimentação, combustível e transporte.

Para fazer uso de qualquer um destes cartões é preciso ter uma ferramenta que possibilite sua utilização. As máquinas de cartão funcionam como transmissores de dados onde os aparelhos leem o cartão e liberam pagamento por meio de senha cadastrada na instituição financeira. Estes são os modelos mais utilizados no mercado:

✔POS (Point of Sale): Precisam de um ponto fixo e uma linha telefônica para fazer conexão. São máquinas alugadas e possuem a opção de imprimir o recibo do cliente sem outra ferramenta para isso;  

✔POO ( POS Wireless Outdoor): Terminal eletrônico sem fio, conectado por meio de um chip de celular. Tem as mesmas vantagens da POS com a comodidade de ser móvel. Esta opção se popularizou e hoje é uma das opções mais procuradas no mercado;  

✔TEF (Transferência eletrônica de fundos): Utilizadas por empreendimentos de maior porte, integram o sistema de recebimento por cartões ao sistema principal da empresa;  

✔Mobile Payment: Esta opção utiliza o celular como uma ferramenta para o pagamento. É preciso ter um aplicativo específico no celular para realizar a transação após autorização do cliente.

Caso sua empresa já aceite cartões como forma de pagamento, é preciso observar se escolheu a opção correta. Avaliar a taxa cobrada pela operadora, o custo de aluguel ou compra da máquina, o tempo de retorno para o pagamento e até se a maior parte dos seus clientes está fazendo uso desta alternativa de pagamento.

O MEI tem total liberdade para utilizar cartões de pagamento, mas precisa de um bom planejamento financeiro. É preciso ter em mente que ao abrir possibilidade de pagamento com crédito e parcelamentos, o faturamento não entra automaticamente na conta do empreendedor. Existem operadoras que demoram até trinta dias para repassar o faturamento e você precisa ter capital de giro para dar continuidade às operações da empresa. Outro ponto importante é tomar cuidado com o volume de vendas ao iniciar o uso de cartões de pagamento pois no MEI não deve ultrapassar o teto de R$ 81 mil reais por ano.

Como fazer operações bancárias ou executar pagamentos utilizando um celular com aplicativo de mobile banking? 📱


A popularização da internet (principalmente 3G/4G) e o preço mais acessível dos smartphones mudou radicalmente a maneira como lidamos  com transações financeiras. Tudo pode ser feito pelo celular, desde uma simples consulta à sua conta corrente ou mesmo comprar um bem de consumo durável como uma geladeira. 
Evitar constantes idas aos bancos ou terminais de autoatendimento e fugir das filas intermináveis dentro das agências é uma das principais vantagens de utilizar um aplicativo de mobile banking. Algumas instituições financeiras, inclusive, condicionam o uso do caixa eletrônico ao aplicativo bancário do celular na hora de gerar mais um número para segurança. 
Para fazer uso de um aplicativo mobile banking é preciso ter uma conta corrente ou poupança. Os bancos disponibilizam em seus sites oficiais o próprio aplicativo ou estes podem ser adquiridos em programas específicos e seguros para download. Após instalar o aplicativo no celular é preciso seguir até uma agência bancária e vincular a sua conta a este aplicativo, criando uma senha específica para sua utilização. Consulte seu banco pois alguns já fazem esse processo via telefone.

Como utilizar o smartphone como um meio eletrônico de pagamento para a minha empresa? 📱 💻💳

O celular pode e deve ser utilizado como uma das ferramentas que auxiliam sua empresa. É preciso ficar atento aos avanços tecnológicos e as novidades que chegam ao mercado a fim de facilitar a vida do empreendedor. Embora ainda seja tímido o uso da tecnologia de Pagamento Por Aproximação (Near Field Communication - NFC) ela já está presente no Brasil e a tendência é que cresça cada vez mais. Apenas os celulares mais novos têm essa possibilidade de fazer pagamento  aproximando o aparelho do leitor de cartão. Outra novidade é o pagamento via QR Code (Escaneamento de código de barras), mas, este ainda é muito raro no país.

Os meios mais comuns para pagamento via smartphone ainda são através de leitores móveis de cartão, aplicativos de internet banking ou uso de plataformas online como já mencionamos. Fique atento a necessidade do seu cliente e por mais tentador disponibilizar inúmeras formas de pagamento, lembre-se sempre que elas precisam oferecer vantagens e retorno financeiro ou então não valerão a pena.

Quando você está montando uma empresa não pode negligenciar nenhum aspecto do negócio e por mais que pareça óbvio, oferecer facilidade de pagamento para o cliente não é tão simples como parece. É preciso buscar as opções disponíveis e como cada plataforma funciona, ir além da compra e venda, entender como acontecem os trâmites bancários, taxas de juros e segurança. Mas, de nada adianta pesquisar e escolher uma plataforma de pagamento e não levar em consideração o cliente.  Oferecer apenas a opção de pagamento em espécie pode limitar o negócio, mas também não adianta aceitar cheques se seus clientes não o utilizam e preferem boleto de cobrança. Por isso, conhecer o perfil do seu cliente é fundamental e pode ajudar no direcionamento de qual plataforma de pagamento escolher para sua empresa.

Pronto para verificar as opções mais adequadas para a sua empresa e cliente?


Conte com o SEBRAE para ir mais longe no seu negócio. Acompanhe os materiais que produzimos e siga em frente na sua jornada empreendedora!

Holograma de cifras
Guia prático para escolher e usar os meios eletrônicos de pagamento
Você conhece os meios de pagamentos eletrônicos? Eles permitem que as transações financeiras sejam realizadas de maneira remota e em tempo real. Disponibilizar meios eletrônicos de pagamento é essencial para a competitividade de qualquer negócio hoje. Confira neste e-book quais são e como implementar as melhores formas de pagamento eletrônico na sua empresa!
Arquivo
Maquina de cartão de crédito
22 - O que são plataformas de pagamento online e como posso utilizá-las
O empreendedor precisa se adequar às inúmeras ferramentas que facilitam a comercialização de produtos e serviços da sua empresa. Uma boa estratégia é apostar nas plataformas de pagamento online. Estas plataformas permitem uma diminuição nos custos, mais facilidade para os clientes, maior controle financeiro, além de possibilitarem uma compra rápida e segura. Se você sentiu interesse em implementar na sua empresa o pagamento online, confira as dicas deste infográfico e saiba por onde começar!
Arquivo