Como montar uma loja de produtos para diabéticos e celíacos?

Vale a pena trabalhar com esse mercado?

Avaliação
Sem votos

Publicado em 02/09/2021 | Atualizado em 02/09/2021

Imagem do Topo
Celíacos e diabéticos

Se você perguntar a qualquer empresário, todos vão te dizer que, sem dúvida alguma, começar um negócio traz muitos desafios. Ter uma loja de produtos para diabéticos e celíacos não é diferente e exige muito esforço, dedicação e, o mais importante, paixão.

Caso tenha interesse e esteja disposto a se dedicar para construir seu próprio negócio voltado a esses clientes tão especiais, vai querer conhecer as etapas críticas para criar uma marca de sucesso.

Elaboramos este artigo para falar sobre o negócio em si: o que é, público, facilidades e cuidados do negócio, melhor forma de divulgar, conquistar e fidelizar clientes.

Então se está pensando em abrir uma loja de produtos para diabéticos e celíacos ou está procurando maneiras de administrar melhor seu negócio existente, este conteúdo é para você.

O que significa, de fato, uma loja de produtos para diabéticos e celíacos?

Para as pessoas com diabetes ou doença celíaca, a ingestão de apenas um pouco de açúcar ou glúten - proteína do trigo, da cevada e do centeio - pode significar sérios problemas.

E quando se trata de encontrar estabelecimentos alimentícios conscientes da diabetes e do distúrbio autoimune relacionado ao glúten, pessoas que sofrem desses males podem estar tendo mais facilidade nos últimos anos para encontrar, do que em anos atrás.

No entanto, mais compreensão não significa necessariamente uma melhor experiência gastronômica. Qual é, então, a responsabilidade de uma empresa quando se trata de produtos para diabéticos e celíacos?

Primeiro que "oferecer" ou "não oferecer" produtos especiais para esse público é uma escolha. Uma vez feita a escolha de "oferecer", a responsabilidade é inegável.

O termo diet e sem glúten significa exatamente isso: não "principalmente" dietético, sem glúten ou "praticamente" sem glúten, mas sem glúten e sem açúcar de fato.

Aqueles que são intolerantes ao glúten, por exemplo, podem consumir quantidades nominais de glúten, mas para aqueles que foram diagnosticados como celíacos, um pequeno teor de glúten pode ser muito prejudicial para a saúde e causar muitos transtornos.

A contaminação cruzada é algo que deve ser examinado de perto e evitado se opções dietéticas e sem glúten forem oferecidas.

Realisticamente, a contaminação por glúten, por exemplo, é a mesma coisa que intoxicação alimentar ou componentes alérgenos e a responsabilidade nesses casos é um fato.

Não se esqueça, portanto, da sua responsabilidade social ao abrir uma loja de produtos para diabéticos e celíacos.

Você atenderá clientes que têm dificuldades para encontrar itens para eles e sentir segurança para consumi-los.

Você deve conhecer todos os ingredientes da sua comida. É importante informar na descrição dos alimentos comercializados com um símbolo de sem glúten ou sem açúcar, com isso tornando mais fácil para os clientes identificarem quais são suas opções de consumo.

Cada vez mais os restaurantes estão sendo obrigados a oferecer menus sem glúten e para diabéticos, pois a escolha de não comer glúten e açúcar não está mais relacionado apenas a uma intolerância alimentar comum, mas também a um estilo de vida que muitas pessoas escolheram por livre e espontânea vontade.

Com o crescente número de pessoas escolhendo dietas sem glúten e sem açúcar, a responsabilidade de um restaurante tem sido também de educar-se sobre o significado de "dietético" e "celíaco" e estar ciente da linha tênue entre uma dieta sem glúten que alguém escolhe e a doença celíaca, que exige que um prato seja cuidado desde a preparação até a entrega, para evitar possível contaminação.

Que tipo de público comprará em sua loja de produtos para diabéticos e celíacos?

Segundo dados da PNAD, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios realizada pelo IBGE em 2010, 31% da população brasileira tem alguma espécie de doença crônica como diabetes, por exemplo.

De acordo com o Ministério da Saúde, o diabetes é a epidemia do século e já afeta cerca de 246 milhões de pessoas no mundo. Até 2025, esse número deve chegar a 380 milhões.

Quanto à doença celíaca, ainda não há estatística oficial, apesar da Associação dos Celíacos do Brasil, a ACELBRA, estima que 1 em cada 1000 indivíduos seja celíaco. Isso representa cerca de 187 mil brasileiros portadores.

Em agosto de 2020 a página do Instagram Rio Sem Glúten realizou uma pesquisa para saber o perfil dos celíacos brasileiros. E muito foi descoberto a respeito deles.

Descobriu-se que a maioria era mulheres (93%) de 29 a 39 anos. No momento do diagnóstico a maior parte dos entrevistados estava acima do peso ou obesa.

Em relação a dietas, apenas 18,1% disseram que fazem dieta para perder peso. E, quanto à pressão arterial, mais da metade dos entrevistados (51,8%) disseram não ter problemas quanto a isso.

A doença celíaca trata-se de um quadro clínico crônico e, é certamente por esse fator que necessita de um especial acompanhamento por toda a vida. A alimentação também precisa de ser regrada para sempre.

Quanto aos diabéticos, a análise do perfil sociodemográfico e clínico pode ser analisado de acordo com uma pesquisa feita em 2020 no estado do Piauí.

Conforme os dados da pesquisa, o perfil epidemiológico do Diabetes Mellitus é composto, principalmente, por mulheres com DM tipo 2, entre 40 e 59 anos, casadas, com ensino fundamental incompleto, não tabagistas, sedentárias e fora do sobrepeso.

No caso do DM, a alimentação também precisa ser administrada de forma especial pelo resto da vida, o que também pode apresentar mais oportunidades de se ter clientes fiéis para quem vende produtos para celíacos e diabéticos.

Para os que se preocupam em relação à possível diminuição de clientes no futuro, é bom saber que dados obtidos pela pesquisa Vigitel 2019 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), aponta que o diabetes continua avançando no Brasil.

Em um período de 13 anos, os casos de diabetes passaram de 5,5% para 7,4% de acordo com a pesquisa lançada em 2020 pelo Ministério da Saúde.

 

🍬🍝Prós de uma loja de produtos para diabéticos e celíacos

 

Há muitos fatores a serem considerados em uma loja de produtos para diabéticos e celíacos. Reunimos os principais prós e contras para você aqui, a fim de que saiba das principais facilidades e cuidados do negócio.

 

🍬🍝Flexibilidade

 

Você pode dedicar tanto tempo ao negócio quanto desejar. Se você gosta do trabalho e tem alguma experiência inicial, pode começar pequeno e gerenciar todos os aspectos do negócio por conta própria.

 

🍬🍝Capacidade de iniciar seu negócio em casa

 

Não é necessário ter uma loja física ou espaço de escritório para iniciar seu negócio. Você pode fazer tudo no conforto da sua casa, pelo menos no começo!

 

🍬🍝Escalável

 

Com negócios e processos mudando diariamente, sempre haverá demanda por novos recursos, produtos e serviços para o seu negócio.

Além disso, existem vários modelos de negócios e níveis de preços diferentes que você pode implementar e que permitem alcançar todos os tipos de clientes.

 

🍬🍝Altas taxas de retenção de clientes

 

Depois que um cliente consome o seu produto, há uma grande probabilidade de ele consumir novamente e até indicar para outros potenciais clientes.

Normalmente, seu produto ou serviço se torna indispensável para seu cliente logo após o primeiro pedido - e passa a se tornar algo valioso para ele.

 

🍬🍝Maior probabilidade de obter referências

 

Esse negócio é voltado para referências, o que pode ser uma forma muito impactante de atrair e reter clientes.

É fundamental que você tenha um ótimo programa de referência em vigor que incentive seus clientes a contar aos amigos sobre seu produto.

 

🍬🍝Você se estabelece como um especialista

 

Com o início de uma loja de produtos para diabéticos e celíacos, você se torna um especialista em seu nicho, o que aumenta sua credibilidade.

Em troca, é mais provável que os clientes confiem em você e o recomendem a outros amigos e familiares.

 

🍬🍝Pode construir uma base sólida de clientes

 

É improvável que você tenha clientes de uma compra só em uma loja de produtos para diabéticos e celíacos. Normalmente, você tem uma base sólida de clientes que usam seus produtos e serviços regularmente.

 

🍬🍝Resultados e receita acontecem rapidamente!

 

Ao contrário de outras empresas, pode ser relativamente rápido começar a ver resultados e receitas.

Contanto que você siga todas as etapas para validar sua ideia antes do lançamento, provavelmente verá resultados rápidos.

Cuidados necessários neste tipo de negócio!

🍬🍝O cuidado com os clientes é maior

 

As precauções devem ser maiores na cozinha para garantir que os clientes celíacos e diabéticos sejam bem cuidados.

Fornecer informações corretas sobre os produtos, ter uma equipe capacitada para apresentar quais os produtos mais adequados para cada tipo de cliente e garantir que a contaminação cruzada não seja um problema também faz parte das precauções.

 

 

🍬🍝A falta de glúten e de açúcar pode ser um desafio na hora de fazer uma refeição saborosa

 

Não é porque o seu cliente não pode ingerir glúten ou açúcar que o esforço para garantir que todos tenham uma experiência agradável pode diminuir.

Uma necessidade alimentar - seja uma alergia ao glúten ou qualquer outro tipo de restrição - não deve inibir o cliente de ingerir uma refeição saborosa.

Existe um grande sentido de responsabilidade ao cozinhar para alguém que tem algum tipo de alergia e restrição alimentar. E isso inclui também oferecer um alimento que traga experiências boas para quem o consome.

 

🍬🍝Treinamento dos funcionários

 

É importante capacitar sua equipe de vendas e encontrar maneiras criativas de motivá-los. Oferecer ótimos incentivos e um bom ambiente de trabalho para seus funcionários.

Isso é ainda mais importante na área de produtos para celíacos e diabéticos, pois os funcionários precisarão de treinamentos bem mais específicos para saberem lidar com esses clientes especiais, e vão precisar, ter conhecimento sobre o que significa cada tipo de restrição, quais alimentos não podem ser oferecidos e ter informações claras sobre os ingredientes dos alimentos comercializados.

 

🍬🍝Processo de vendas mais longo

 

Uma loja de produtos para diabéticos e celíacos pode ser um grande investimento de tempo e dinheiro para o seu cliente.

Por isso que é importante planejar e prever um funil de conversão mais longo e manter a comunicação com os clientes em potencial.

Qual a melhor forma de fidelizar clientes neste segmento?

Conquistar e fidelizar clientes é uma das maneiras mais eficazes de fazer crescer o seu negócio de produtos para diabéticos e celíacos.

Muitas vezes, é fácil se concentrar em gerar novos clientes, em vez de reter os atuais.

Porém veja desta forma - você tem de 60 a 70% mais probabilidade de vender um novo produto para um cliente existente do que para um novo cliente.

Isso não quer dizer que encontrar novos clientes e novos fluxos de receita não seja importante, no entanto, a fonte mais fácil e mais barata de novas receitas está bem na sua frente. Os clientes já fidelizados!

 

Aqui estão algumas maneiras de reter clientes para a sua loja de produtos para diabéticos e celíacos:

 

✔️Responder a comentários nas redes sociais

✔️Envie descontos ou brindes para clientes fiéis

✔️Forneça conteúdo relevante de forma gratuita

✔️Forneça um atendimento ao cliente incrível

 

Fazer o melhor para tornar a experiência do seu cliente memorável vai além de apenas fazer um produto saboroso.

Escreva à mão notas de agradecimento para cada pedido que embalar e despachar e comunique-se regularmente com os seus clientes por meio de um resumo semanal por e-mail e de canais de mídia social.

Frequentemente entre em contato com os seus principais clientes para obter feedback sobre mudanças em seu cardápio, na relação de produtos oferecidos, no modelo de venda e entrega, políticas de fidelização e desenvolvimento de novos produtos.

Também ofereça bônus aos clientes mais fiéis. Por exemplo, qualquer um deles que fizer um pedido acima de R$ 100,00 no seu site receberá um item grátis. Para muitas lojas de produtos para diabéticos e celíacos o melhor canal de marketing é o e-mail.

Adicionar novos produtos ao seu negócio é outra ótima maneira de expandir para novos mercados e expandir seus negócios.

É importante observar que para adicionar novos produtos e diversificar é importante levar em consideração o melhor momento e o retorno do investimento

 

Aqui estão alguns motivos pelos quais você pode querer considerar adicionar e diversificar seu produto:

 

✔️Atender às necessidades de seus clientes

✔️Estabelecer-se como um fornecedor líder em seu setor e ficar à frente da concorrência

✔️Criar novos fluxos de receita

✔️Preparar-se para aumentar a escala

 

O atendimento ao cliente, claro, também é muito importante. Foque-se no consumidor e cuide dos clientes da maneira mais rápida e correta possível.

Aproveite o suporte do Instagram, já que você pode falar diretamente com seus clientes e potenciais.

Basicamente, basta perguntar a eles em que tipo de conteúdo eles estão interessados e sempre responder às suas perguntas.

Comece a compartilhar a sua rotina e aprendizados por meio de histórias no Reels do Instagram e verá rapidamente um crescimento no seu engajamento.

Tente manter o maior contato possível com os seus seguidores nas redes sociais e se esforce para criar um conteúdo bom e envolvente por meio das mídias sociais. Como resultado, verá o crescimento contínuo da sua base de seguidores de forma orgânica.

Outra dica é prestar um atendimento excepcional e criar relacionamentos com os seus consumidores - essa é uma ótima maneira de construir a sua reputação e reter clientes.

Quer seja uma empresa online ou física, é muito importante comunicar-se com os clientes e fazê-los sentir que são a prioridade.

📌📌Lembre-se: o atendimento ao cliente representa sua marca, seus valores, sua visão e VOCÊ como pessoa.

Conquiste seus clientes!

Para aumentar ainda mais sua base de clientes, exiba anúncios pagos no Google, Bing, Amazon e Facebook.

Tenha anúncios de audiência fria e anúncios que redirecionem pessoas que realizaram ações específicas em seu site ou canais de mídia social.

Teste diferentes variações até encontrar aquelas que funcionam. A partir daí, invista nos gastos com publicidade.

Além da publicidade paga por clique, experimente veicular anúncios em vídeo pagos em canais populares do YouTube, oferecendo amostras grátis por meio de eventos de marketing na sua cidade.

Faça ainda parcerias com influenciadores que tenham restrição alimentar ou fazem uso de produtos por escolha de melhoria de saúde,  diabetes ou celíacos, para ver se estariam dispostos a compartilhar seus produtos com os seguidores deles.

 

🎁🎁Pense igualmente em contratar uma agência para ajudar a trabalhar em SEO no seu site.

 

Realize ainda concursos no Instagram em colaboração com outras marcas e peça a ajuda de microinfluenciadores em troca de oferta de produtos de forma gratuita Esta estratégia pode realmente ajudar a aumentar o conhecimento da sua marca de forma mais econômica.

Em relação aos concursos, também chamados de giveaways, sabe-se mesmo que as pessoas adoram coisas grátis e adoram competição.

Brindes e concursos são uma ótima maneira de criar reconhecimento para sua marca, aumentar sua lista de e-mail e, eventualmente, converter leads em clientes.

Se sua meta é coletar endereços de e-mail, certifique-se de que o critério de entrada seja "inserir seu e-mail". Você pode fazer isso levando os clientes à sua página de destino, onde eles podem inserir o e-mail para receber o sorteio.

Um dos aspectos mais importantes para promover um sorteio de sucesso é ter um prêmio incrível. Quanto melhor o prêmio, mais engajamento você terá. Um prêmio que seja realmente relevante para sua marca e que estimule o interesse dos seus clientes e seguidores.

Qual a melhor forma de divulgar minha empresa?

O boca a boca continua a ser uma das melhores maneiras de divulgar sua empresa e conquistar novos clientes. Alguns empresários diriam que é mais importante do que todas as mídias sociais.

Especialmente quando você está começando, é importante construir um programa de referência sólido para encorajar os clientes existentes a ajudá-lo a encontrar novos.

Uma ótima maneira de fazer isso é oferecer uma recompensa, ou seja, crédito pelo seu serviço, aos clientes que indicarem você aos amigos e familiares.

Um bom programa de referência o ajudará a ter influência, credibilidade e a se estabelecer no espaço.

Para uma boa divulgação da sua empresa, trabalhe também a autenticidade. Como marca, você deseja oferecer uma experiência autêntica, honesta e transparente.

Não cometa o erro de dar ao seu público menos crédito do que ele merece. Então seja autêntico!

Ao divulgar sua marca, uma dica que pode fazer a diferença será investir em fotografia de boa qualidade e no uso de vídeos para apresentar seu espaço e produtos. 

A exposição conquistada na mídia também pode ser importante, por isso investir e manter contato com influenciadores, blogueiros, YouTubers e a mídia tradicional para ver se eles estão interessados em compartilhar suas histórias.

Quanto mais "barulho" em torno da sua marca,  mais tráfego para o seu site e, como resultado, mais clientes. 

 

Entre em nosso site e encontre outros artigos que falam sobre assuntos semelhantes, se inspire e descubra ainda mais sobre empreendedorismo e dicas de negócios!

Desejamos sucesso na sua jornada empreendedora!

Celíacos e diabéticos
Como montar uma loja de produtos para diabéticos e celíacos?
Neste e-book apresentamos informações e dicas importantes para quem deseja montar uma LOJA DE PRODUTOS PARA DIABÉTICOS E CELÍACOS.
Arquivo