Inteligência Artificial: o que é e como funciona?

Qual a importância da Inteligência Artificial no mercado atual?

Avaliação
Sem votos

Publicado em 06/09/2021 | Atualizado em 06/09/2021

Imagem do Topo
Inteligência Artificial

Diante da constante modernização das empresas e negócios, novas ferramentas têm surgido para auxiliar o empreendedor a conquistar espaço no mercado e se desenvolver. Entre elas, a Inteligência Artificial, que tem se mostrado importantíssima no dia-a-dia das empresas.

Essa ferramenta vem ganhando espaço no cotidiano empresarial devido às várias funcionalidades, bem como aos facilitadores para uma boa gestão, que auxiliam na definição de novas estratégias, ajudam a empresa a inovar e a buscar cada vez a mais a automação de processos, que antes poderiam ser demorados.

Além dessas funcionalidades práticas, podemos destacar também que a Inteligência Artificial tem o poder de facilitar a vida do empreendedor em questões essenciais para seu desenvolvimento no mercado, como seu monitoramento, para conquistar e fidelizar cada vez mais clientes.

Dessa maneira, vale ressaltar que a Inteligência Artificial tem a capacidade de aprender e de desenvolver o comportamento humano de uma forma revolucionária para o mercado e, com isso, está tornando a vida das empresas mais fácil por fazer com que processos complicados sejam simplificados.

Porém, por mais que essa seja uma ferramenta que está em ascensão no mercado, as empresas ainda não aproveitam totalmente do potencial que a Inteligência Artificial tem a oferecer para seus processos por não possuírem o conhecimento necessário a respeito do que esta pode lhes proporcionar.

Dessa forma, é preciso estar por dentro de tudo que essa ferramenta pode fornecer e como ela pode favorecer os negócios de sua empresa, com processos facilitados e reduzidos. Ainda há muito para que a indústria aprenda a respeito das funcionalidades da Inteligência Artificial.

Inteligência Artificial: o que é e como funciona?

A Inteligência Artificial é um conceito utilizado pela computação para explicar a capacidade das máquinas, sejam elas físicas, softwares ou outros sistemas usados nesse processo de interpretar os dados externos e aprender com estes a resolver tarefas específicas, com um objetivo determinado.

Dessa forma, podemos afirmar que a Inteligência Artificial agrupa diversas tecnologias distintas em uma mesma ferramenta. Entre essas é possível destacar as redes neurais artificiais, os sistemas de aprendizado e os algoritmos, por exemplo.

Ao conseguir reunir em uma mesma ferramenta todos esses pontos, a Inteligência Artificial será capaz de conseguir simular as mesmas capacidades humanas que têm ligação com a inteligência e, dessa forma, poderá solucionar problemas.

Entre as semelhanças com o comportamento humano, ressaltamos a capacidade que a Inteligência Artificial tem de conseguir replicar o raciocínio lógico, a percepção do ambiente e até mesmo a capacidade de analisar situações para tomar as decisões necessárias.

Por isso, tal ferramenta pode ser descrita como uma simulação muito clara do comportamento humano, visto que ela conseguirá aprender e reproduzir ações humanas com perfeição e sem influência em seus processos.

Com essa definição, podemos destacar que a Inteligência Artificial tem a capacidade de usar as suas funcionalidades para conseguir desenvolver soluções tecnológicas para diversos problemas e atividades. Tudo isso de uma forma inteligente e pontual.

Devido aos fatos destacados, vale salientar que as Inteligências Artificiais também terão a capacidade de resolver questões de ordem prática sem nenhum tipo de influência humana no seu processo de tomada de decisões.

Isso porque essas tecnologias contam com sistemas de aprendizado que farão com que elas sejam capazes de analisar os dados recebidos. Esses dados serão compartilhados de uma forma volumosa e poderão ampliar seus conhecimentos, chegando a uma decisão final a respeito da melhor forma de agir diante de uma situação específica.

A Inteligência Artificial faz parte de um determinado campo da ciência, que tem como seu principal objetivo estudar, empregar e desenvolver máquinas que contem com a capacidade de realizar atividades humanas de forma autônoma.

Dessa forma, ela pode estar ligada também a outras áreas tecnológicas nas quais será empregada, como a robótica, o Machine Learning (Aprendizagem de Máquina), o reconhecimento de voz e de visão, além de diversas outras tecnologias que estão adotando a ferramenta.

A origem da Inteligência Artificial

Desde muito cedo a humanidade tem discutido algo que simule as ações que fazem parte do comportamento humano, como o raciocínio e a capacidade de analisar situações, determinando o melhor caminho a seguir diante de fatos que se conhece.

Essa possibilidade de algo que consiga simular esse tipo de ação humana faz parte de discussões que perduram por muito tempo. No entanto, o conceito mais moderno em relação à Inteligência Artificial que se tem registro data de 1920.

Nesse caso, podemos nos basear em fundamentos provenientes da criatividade humana, mais especificamente no mundo do entretenimento. O conceito de algo que possa replicar esse comportamento humano foi sendo definido através de produções cinematográficas, nas quais ele surgiu antes.

A título de ilustração é possível citar o filme Metrópolis, de 1927, no qual um conceito de Inteligência Artificial semelhante ao que temos hoje é apresentado ao público. No entanto, somente em 1943 Warren McCulloch e Walter Pitts, juntamente, publicaram um artigo no qual faziam referência às redes neurais.

Antes mesmo que o conceito pudesse chegar aos cinemas, em 1921, uma peça escrita por Karel Čapek, intitulada no Brasil como Fábrica de Robôs, cunhou pela primeira vez o termo robô, que mais tarde teria outro significado para a ciência e tecnologia, muito mais avançado.

Nesse caso, o termo era utilizado para definir seres de aparência semelhante à de humanos, mas que fossem feitos de forma artificial e dotados de uma inteligência semelhante à de humanos.

Diante de tantas representações do termo no mundo artístico, podemos destacar que a busca por essa ferramenta, que hoje tem se tornado cada vez mais popular na indústria de um modo geral, vem de muitos anos atrás.

Dessa forma, a pesquisa feita por McCulloch e Pitts trouxe alguns conceitos que hoje são utilizados pela ciência e serviram como base para a construção da tecnologia atualizada e bem definida que temos atualmente.

Nesse conceito apresentado pelos cientistas em questão, foram destacadas estruturas de raciocínio artificiais, que contavam com modelos matemáticos como base e que tinham como objetivo simular um comportamento análogo àquele apresentado pelo sistema nervoso humano.

O interesse em buscar algo que simulasse esse comportamento de forma clara e com o mínimo de erros possível continuou. Então, em 1950, Claude Shannon desenvolveu um trabalho no qual a ideia era programar uma máquina para que esta conseguisse jogar xadrez da mesma forma que um ser humano.

Não se tem uma precisão de fato do momento em que este tipo de tecnologia teve seu surgimento, visto que ao mesmo tempo diversos pesquisadores e cientistas vinham em busca de desvendar o mesmo mistério, efetivamente executar a tarefa parecia muito distante.

Na história também se tem um registro da criação de um equipamento pelo cientista Alan Turing, que teria como objetivo se passar por um ser humano. O conceito em questão, bastante condizente com a Inteligência Artificial moderna, foi feito através de uma interação por escrito, conhecida nos dias de hoje como teste de Turing.

Ao longo dos anos, vários conceitos e formas variadas de desenvolver a tecnologia foram apresentadas ao redor do mundo inteiro. Diante de tantas tecnologias voltadas para a área buscando o mesmo objetivo, o nome foi cunhado, enfim, em 1956.

O momento em questão aconteceu durante uma conferência no campus da Dartmouth College, nos Estados Unidos. Na ocasião destacada, estavam reunidos na faculdade alguns dos maiores nomes do ramo. Então, John McCarthy resolveu determinar um nome para a área, chamando-a de Inteligência Artificial.

Desde então, a Inteligência Artificial tem se popularizado ao redor do mundo, de forma que pesquisadores e cientistas tentam desenvolver cada vez mais as capacidades dessa tecnologia e passaram aplicá-la a diversos ramos diferentes e com objetivos distintos.

Várias tecnologias dentro de um único termo

Como destacamos anteriormente, a Inteligência Artificial é somente um termo utilizado para definir estas capacidades que as máquinas podem adquirir através de volumes grandiosos de dados e informações para, então, tomar decisões humanizadas.

Por trás deste termo, no entanto, existem diversas áreas que se agrupam para formar o que conhecemos atualmente como Inteligência Artificial. Logo, a contribuição dessas áreas diversas é essencial para o bom desenvolvimento da técnica e para o surgimento de novas possibilidades para o ramo.

Entre as principais áreas que podemos destacar está o Aprendizado de Máquina. Como o nome sugere, a máquina será capaz de avaliar os dados que estão sendo capturados por ela, analisar as suas possibilidades e, assim, tomara uma decisão condizente com a necessidade exposta anteriormente.

Diante dessa capacidade, a máquina terá condições de automatizar os processos que anteriormente deveriam ser desenvolvidos por humanos, já que a análise das decisões será feita com base no comportamento humano. Ou seja, simulando o que uma pessoa executando a mesma função faria.

A base principal para esse Aprendizado de Máquina é o conceito de que os sistemas tecnológicos utilizados atualmente conseguem aprender com os dados que são obtidos por eles e, assim, analisar diversas possiblidades através de padrões, que são descobertos com o tempo.

Logo, com base nesses padrões, dados e possibilidades, a máquina terá a capacidade plena de aperfeiçoar os que foram adquiridos e não precisará de interferência humana ou em alguns casos, precisará de uma influência bastante reduzida.

Com isso, a máquina poderá desenvolver melhor as suas atividades e, com o tempo, se aprimorar na forma como recebe as informações e como as transmite em seguida. Isso acontecerá em decorrência de uma análise de dados mais aprofundada.

Vale mencionar que essas plataformas têm como capacidade o fornecimento de dados, os algoritmos, as APIs e outras soluções que poderão ser usadas para que as máquinas sejam treinadas e consigam aplicar as soluções e ações necessárias em aplicativos e processos, por exemplo.

Outro modelo utilizado dentro do conceito da Inteligência Artificial é o da Aprendizagem Profunda. Nesse caso, serão utilizados alguns outros pontos especiais para que a máquina consiga se desenvolver e aprender com os dados que estão sendo inseridos nela.

Nessa aprendizagem profunda, serão adotadas redes neurais artificiais que contarão com diversas camadas de abstração. Dessa forma, elas serão aplicadas em casos nos quais será necessário um reconhecimento maior de padrões dos dados.

Como o próprio nome destaca, nessa tecnologia são abordadas técnicas mais aprofundadas de análise de dados. Sendo assim, ela acontecerá através das várias camadas de neurônios matemáticos encontrados e da informação adquirida, que será levada entre cada uma delas.

Dessa maneira, considerando que todos esses conceitos visam o treinamento da máquina, o Aprendizado Profundo também está em busca disso com a finalidade de que as tarefas sejam executadas cada vez mais de forma humanizada.

Logo, alguns pontos essenciais que podemos ressaltar sobre essa versão mais aprofundada é a conquista por reconhecimento de imagens e de fala, que serão identificadas com maior facilidade pela Inteligência Artificial ao ser treinada de forma mais profunda.

Por fim, dentro da Inteligência Artificial também se tem a possibilidade de identificar padrões ligados à linguagem humana. Isso será feito através do Processamento de Linguagem Natural (PLN). Nesse caso, a tentativa será de reproduzir os processos ligados diretamente à forma como funciona a linguagem humana.

Para que seja funcional, serão adotados programas, soluções e softwares que são capazes de processar esse tipo de informação. Então, as máquinas poderão, por fim, compreender de uma forma melhor textos, se assemelhando aos humanos.

Isso ocorre porque nesse processo vários contextos, informações e desenvolvimento de resumos poderão ser produzidos através do reconhecimento e do processamento de dados. É possível, através dessa tecnologia, criar textos inteiramente com dados que foram obtidos pelas máquinas.

Como é possível perceber, cada uma destas ferramentas pode ser utilizada em uma área distinta. O PLN costuma ser utilizado em empresas para o atendimento ao consumidor e também facilita a produção de relatórios corporativos, por exemplo.

Qual a importância da Inteligência Artificial no mercado atual?

Com a modernização de sistemas, as empresas têm adotado cada vez mais programas que facilitam o atendimento ao consumidor e os seus processos internos, com a finalidade de agilizar o que há bem pouco tempo era feito totalmente de forma humana.

Dessa forma, o objetivo da Inteligência Artificial para as empresas, nesse caso, é criar máquinas que terão a capacidade de auxiliar ao longo desses processos, reduzindo prazos para atendimento e melhorando a resolução de questões que levariam muito mais tempo caso fossem processadas por humanos.

Assim, a importância da ferramenta vem justamente dessa necessidade que as empresas têm apresentado atualmente. Como o mundo corporativo vem avançando cada vez mais na utilização de ferramentas tecnológicas para seus processos, é esperado que seja necessário algo para acelerar outras funções dentro de uma empresa.

Como a Inteligência Artificial surgiu se mostrando uma excelente aliada, principalmente pela sua ação semelhante à humana, ela se apresenta como uma oportunidade ideal para automatizar processos sem perder, por vezes, a humanidade.

Logo, são inúmeras as vantagens em relação a utilização da Inteligência Artificial nos negócios. Entre elas, a tomada de decisões. Em alguns momentos, os empreendedores podem se encontrar em uma situação de difícil compreensão e precisam tomar decisões rápidas.

Como as máquinas que utilizam a Inteligência Artificial possuem as ferramentas necessárias não somente para processar os dados, mas também os tornar mais humanos, os processos  serão simplificados e farão com que as decisões sejam tomadas mais rapidamente e com precisão.

Assim, vale destacar que as decisões serão tomadas em decorrência de todas as informações fornecidas às máquinas, que irão avaliar cada um dos dados em seu sistema para, assim, oferecer possibilidades para que a empresa tenha ciência de tudo que implicaria a decisão tomada pela mesma.

Portanto, os dados serão todos captados pela máquina, organizados de acordo com os históricos da empresa e até mesmo os dados mais confusos serão colocados de forma clara, retirando uma dificuldade que, por vezes, tornava difícil a decisão final de um determinado negócio.

Como esta ferramenta é utilizada para auxiliar na tomada de decisões, também podemos destacar a comodidade que a Inteligência Artificial pode garantir à empresa. Isso se mostra devido à forma como a máquina utiliza os seus algoritmos para facilitar processos como o de identificação do perfil de potenciais clientes, adequando-os às necessidades.

Dessa forma, a Inteligência Artificial não somente é capaz de identificar os dados como é precisa em separar estes para dar mais clareza à empresa a respeito de seus clientes. Logo, ela poderá sugerir os produtos a serem ofertados de acordo com cada perfil previamente delimitado.

Essa detecção de perfis será extremamente útil para o empreendedor na hora de adotar novas ferramentas de marketing e novos meios para atrair clientes com o mesmo perfil identificado pela máquina. Sendo assim, as chances de desenvolver estratégias certeiras será ainda maior.

A produção de relatórios a respeito dos processos internos também será agilizada utilizando esse recurso. Isso acontece porque a Inteligência Artificial tem a capacidade de processar documentos e avaliar de forma rápida, encontrando apenas as informações que forem solicitadas.

Essa capacidade de conseguir encontrar os textos de forma precisa e clara é a chamada mineração de textos. Com ela é possível que a empresa consiga encontrar entre seus diversos documentos as informações necessárias sem maiores esforços e de forma ágil.

Dessa forma, todos os processos cobertos pela ferramenta terão a garantia de excelência, de agilidade e farão com que a empresa perca muito menos tempo, podendo investir cada vez mais em outros setores e buscar pelo desenvolvimento dos negócios e expansão.

Maior autonomia nos processos

O ponto principal da utilização da Inteligência Artificial por uma empresa é o fato de que esta lhe garante mais agilidade quanto às informações e os processos, além de garantir que os dados que foram processados pelas máquinas se comportem exatamente da mesma forma como seria pensado pela mente humana.

Como os processos serão agilizados é possível que a empresa tenha uma autonomia muito maior em suas ações. Logo, as atividades lógicas, técnicas e analíticas serão todas garantidas pela ferramenta, o que fará com que a velocidade para se obter e processar as informações seja muito maior.

Até o momento falamos apenas de dados e de informações técnicas que podem ser obtidas pela automação das máquinas. No entanto, tudo isso poderá ser utilizado para fornecer uma maior autonomia também para os processos físicos de uma empresa, como, por exemplo, a sua produção.

Nesse ponto, as máquinas interpretadas como robôs, ao serem auxiliadas pela Inteligência Artificial, contarão com uma automação maior no processo de produção, podendo assim aumentar os produtos que são feitos diariamente pelas empresas e de forma precisa.

Como as máquinas vão contar com a  ferramenta que faz com que elas pensem de forma bastante semelhante à humana, por mais que ocorram erros ao longo do processo, a Inteligência Artificial terá a automação necessária para corrigir esses erros e seguir com a produção normalmente.

Dessa forma, a empresa contará com menos riscos de erros contínuos e seus custos operacionais podem passar por reduções consideráveis. Como os erros serão menores, visto que a máquina terá a capacidade de identificar rapidamente, a empresa contará com menos prejuízos.

Essa tecnologia, em muitos casos, pode ser usada pelas empresas como forma de monitorar as máquinas que estarão em constante operação e também os computadores de toda a empresa, que poderão ser automatizados quanto aos seus processos.

Com essa ferramenta auxiliando o processo, os computadores de toda a empresa estarão bem protegidos de potenciais ataques maliciosos. Isso acontece uma vez que Inteligência Artificial possui a capacidade de identificar os invasores e, dessa forma, barrar as suas investidas.

Diante de todos os dados que são obtidos e analisados pela ferramenta, ela terá a capacidade de identificar possíveis falhas e pontos fracos. A partir disso, será capaz de indicar a melhor forma de corrigir essas questões e proteger os dados da empresa. Com isso, aumentará a eficiência operacional da mesma.

Como a máquina vai evitar com maior facilidade erros e problemas maiores, esses fatores serão capazes de gerar uma diminuição nos custos da empresa, que não terá que arcar com questões problemáticas. Além disso, também facilitará o trabalho das equipes.

Esses sistemas possuem ferramentas tão atualizadas que podem até mesmo adquirir o conhecimento necessário para prever possíveis problemas. Dessa forma, poderão tomar medidas antes que algo grave aconteça.

Essa possibilidade é proveniente de uma capacidade que a Inteligência Artificial tem de diagnosticar todos os setores da empresa e avaliar cada dado presente, criando assim um mapeamento preciso de possíveis falhas e riscos futuros.

Atendimento ao cliente de forma precisa e facilitada

O principal ponto a ser considerado por uma empresa deve ser sempre o atendimento ao cliente. Sem um bom atendimento, a empresa não conseguirá se manter, visto que seus consumidores são os responsáveis por sustentar o negócio e um atendimento ruim é extremamente prejudicial.

Logo, sempre que se cria um negócio do zero, é preciso que o empreendedor tenha em mente a necessidade de planejar esse bom relacionamento com seus clientes e pensar sobre como ele será desenvolvido. Assim, a Inteligência Artificial pode garantir algumas facilidades nesse quesito.

O atendimento ao público através dessa ferramenta pode ser feito através de diversas possiblidades, a depender da escolha da empresa. Primeiramente, é possível desenvolver uma comunicação simplificada e eficiente com o cliente, fazendo com que o atendimento seja rápido.

Em muitos casos, os clientes acabam desistindo de entrar em contato com empresas devido à dificuldade de se comunicar com elas, diante de um atendimento demorado que os mantém durante muito tempo em espera.

Com essa tecnologia, é possível não somente que o cliente seja atendido de forma rápida, como também de maneira personalizada, pensada especialmente para atender às suas necessidades e desejos mais específicos.

Isso acontece uma vez que a Inteligência Artificial, como destacamos, consegue identificar os perfis dos clientes através dos seus dados e pode informar exatamente os produtos e serviços que vão ser mais atrativos para o consumidor, o que torna a comunicação mais pessoal e mais aproximada.

Dessa forma, por mais que a empresa utilize uma tecnologia para se comunicar com seus clientes, nem que seja em um primeiro contato, ele ficará satisfeito pois suas necessidades serão atendidas com precisão e agilidade.

Esse também é um ponto importante a ser considerado ao longo do processo de marketing de uma empresa, uma vez que ela terá em suas mãos uma ferramenta com potencial imenso de identificar, segmentar e definir quais sãos as preferências de seus consumidores para atender da melhor forma.

Portanto, é preciso que o empreendedor tenha sempre em mente o quanto é essencial que o processo de atendimento ao cliente seja feito da melhor forma. Isso porque caso haja alguma intercorrência, este cliente certamente ficará desmotivado a consumir seus produtos novamente.

Uma aplicação comum nesse setor de atendimento e marketing de produtos, que vem sendo utilizada com mais frequência atualmente, são os chatbots, que podem ser explicados como caixas de mensagens nas quais o cliente é respondido de forma automática pela Inteligência Artificial.

Essa estratégia pode ser adotada por vários canais de comunicação, como redes sociais, sites próprios da empresa, salas virtuais de atendimento entre outros. Dessa forma, a empresa poderá interagir com o consumidor de forma rápida e atendendo a todas as suas necessidades.

Além disso, as Inteligências Artificiais estão passando por otimizações que melhoram esse processo e têm se tornado cada vez mais humanas nesse processo de comunicação. Logo, os clientes podem fazer perguntas distintas sobre produtos e serviços, recebendo respostas coerentes com o questionamento feito.

Essa facilidade na comunicação é proveniente do que discutimos anteriormente: análise do comportamento dos usuários e perfis desses clientes. Diante desses dados a Inteligência Artificial conseguirá identificar o cliente de uma forma bem mais clara.

Com isso, a empresa conseguirá ofertar produtos que tenham mais a ver com os clientes em questão e que poderão ser comprados com maior facilidade, garantindo que o consumidor se fidelize ao seu serviço.

Como pequenas empresas podem utilizar a Inteligência Artificial

Para os pequenos negócios, a tecnologia ainda é uma incerteza. Dessa forma, os empreendedores acabam não tendo muito conhecimento dos benefícios e das vantagens que o serviço pode trazer por acreditarem que não estão aptos a arcar com os custos das ferramentas.

No entanto, é esperado o crescente número de microempresas e empresas de pequenos porte adotando o uso da Inteligência Artificial em seus processos. Dessa forma, é possível que essas empresas adotem a ferramenta citada e conquistem operações de sucesso.

Existem algumas abordagens que podem ser levadas em consideração por essas MPEs ao decidir utilizar desse tipo de ferramenta em seus negócios, que destacamos, é preciso que seja feito de forma otimizada para se obter bons resultados.

O primeiro ponto a ser considerado nesse caso é a utilização de plataformas já existentes no mercado. Para uma pequena empresa, desenvolver toda uma ferramenta exclusiva para o seu negócio pode não ser algo viável de se realizar por se tratar de um processo caro e demorado.

Nesse caso, pode ser feito o uso de uma plataforma que já está ativa no mercado, buscando sempre um serviço que se adeque às necessidades exatas da empresa para que não haja intercorrências no processo.

Outro fator a ser considerado é a análise de dados. Para as pequenas empresas que ainda estão inserindo a utilização da Inteligência Artificial em seus processos é importante que haja um aprendizado dos dados necessários pelas máquinas.

Diante disso, será facilitado o caminho para que elas se utilizem da Inteligência Artificial  e entendam cada vez mais a necessidade do negócio, facilitando os processos das pequenas empresas.

Ao utilizar da Inteligência Artificial em seus processos, as empresas já contarão com resultados expressivos e terão uma rotatividade de negócios muito maior. No entanto, é importante destacar que tudo isso acontece pela capacidade de fazer uso dos dados que foram coletados.

Isso será expresso através dos resultados positivos em relação ao atendimento ao cliente, da identificação das tendências de mercado, do bom relacionamento com os consumidores e de um marketing assertivo.

Sendo assim, os pequenos empresários poderão fazer uso dessa ferramenta de uma forma condizente com o seu negócio, aplicando nas áreas em que determinarem que esteja havendo uma deficiência, por exemplo.

Com isso, os processos serão facilitados e a empresa poderá buscar formas de atender melhor aos seus clientes. Além disso, ela também poderá prestar um serviço de qualidade e com maior personalização. Então, colocando isso em prática, a Inteligência Artificial será essencial para o bom desenvolvimento dos negócios.

Vale ressaltar, por fim, que tanto pequenas empresas quanto grande empresa do mercado serão influenciadas, visto que os processos todos serão facilitados, o atendimento ao cliente passará por uma melhora e tudo isso vai impactar positivamente no mundo dos negócios e a forma como as empresas vão operar futuramente.

 

Entre em nosso site e encontre outros artigos que falam sobre assuntos semelhantes, se inspire e descubra ainda mais sobre empreendedorismo e dicas de negócios!

Desejamos sucesso na sua jornada empreendedora! 👍🏼👍🏼