Quando optar pelo uso do QR Code na sua empresa?

Vantagens e desvantagens do uso desta ferramenta

Avaliação
5.0

Publicado em 19/08/2021 | Atualizado em 04/10/2021

Imagem do Topo
QR Code

As tecnologias estão cada vez mais inseridas nas empresas, pois oferecem diversos benefícios, facilidades e diversidades na forma de realizar negócios. E uma dessas tecnologias é o QR Code.

 

Você já deve conhecer e saber do que se trata, pois ele vem sendo implementado há alguns anos. Porém, é sempre importante conhecer a fundo como esta ferramenta pode beneficiar seu negócio.

 

Além disso, conhecer as desvantagens também é essencial para decidir se vale a pena utilizar o QR Code. Por isso, veja neste artigo quando optar pelo uso do QR Code na sua empresa e as vantagens e desvantagens dessa tecnologia!

O que é um QR Code?

Entender o que é um QR Code é fundamental, pois mesmo que você já tenha visto e até mesmo utilizado um, aquela imagem pode causar dúvidas sobre o que ela representa e quais dados são registrados nela. Mas o que é um QR Code? Inicialmente é importante entender que se trata de um gráfico desenvolvido em 2D.

 

Ele é diferente do código de barras tradicional, pois utiliza barras bidimensionais, o que significa que as linhas não possuem somente um sentido. No QR Code você consegue perceber linhas horizontais e verticais, o que forma o código escaneável.

 

Dentro do código, que tem o formato quadrado, há linhas, outros quadrados e linhas em branco. E é justamente nesses formatos que os dados são fixados e preestabelecidos.

 

Assim, é possível programar qualquer informação para que seja exibida a partir do acesso ao QR Code, o que abre um enorme leque de possibilidades em diversos setores do seu negócio, como financeiro e de marketing.

 

Além disso, o acesso funciona por meio da leitura realizada por aparelhos smartphones, que utiliza a câmera para realizar a identificação e decodificação do código, disponibilizando as informações contidas nele para o usuário.

 

O significado de QR Code é Quick Responde, que significa, em português, código de resposta rápida. Isso porque, como dito, basta que o usuário aponte a câmera do celular para que o código seja lido e traduzido.

 

Assim, instantaneamente o usuário consegue ter acesso às informações que o proprietário do código quer transmitir.

 

Dentro desse código é possível ter vários tipos de informações que sejam do interesse do usuário. Em se tratando em QR Code para empresas e negócios, ele pode conter:

 

👍🏼Dados de pagamento;

 

👍🏼Informações sobre produto;

 

👍🏼Informações sobre serviço;

 

👍🏼Dados da empresa;

 

👍🏼Dados para contato;

 

👍🏼Direcionamento para sites e páginas da internet.

 

São várias as opções de informações, pois é um tipo de código que permite grande diversidade, o que faz com que seja o principal diferencial para o código de barras, que permite a transmissão de informações de forma bastante limitada.

 

❓❓ Como funciona ❓❓

 

O QR Code funciona por meio de armazenamento de caracteres, dentro disso pode conter caracteres numéricos, alfanuméricos, bem como caracteres do alfabeto japonês. A partir desses caracteres você consegue escolher o que deseja que o usuário visualize quando apontar a câmera do celular.

 

O código apresenta algumas partes, pois se você olhar para um verá que nas extremidades ficam caixas pequenas em destaque. Essas caixas nos quatro cantos do código compõem a delimitação e a identificação do formato. É nessa parte que ocorre a definição se o código vai ser formado for caracteres numéricos ou alfanuméricos.

 

Ademais, no restante do código ficam inseridas as informações propriamente ditas, porém codificadas em módulos de bytes. Tudo isso é que vai definir a versão do QR Code e o que ele vai transmitir ao usuário. Em geral, existem cerca de 40 tipos de QR Code.

 

Esses detalhes que formam o código são desenvolvidos por softwares específicos e que podem até mesmo serem utilizados a partir de aplicativos de celular. Portanto, para criar um QR Code não é preciso ter alto conhecimento nesse tipo de área.

 

Isso aproxima essa tecnologia a todos os tipos de negócios, pois não é preciso contratar especialistas e grandes programadores para que seu negócio possa utilizar QR Code. Mais abaixo você vai ver como implementar no seu negócio.

Vantagens do QR Code para uma empresa

Agora que você já conhece bem o que é e como funciona um QR Code, está na hora de começar a identificar os prós e os contras que essa tecnologia oferece. Pois, sim, tudo que oferece vantagens também oferece desvantagens. Mas vamos começar pelos benefícios.

 

A primeira e uma das principais vantagens de seu negócio utilizar QR Code é a melhora na apresentação para o usuário. A experiência de utilizar esse tipo de código, em geral, é muito positiva, pois demonstra que seu negócio está atento às inovações que o mercado oferece.

 

Além disso, a dinâmica de uso é muito fácil. O usuário só precisa apontar a câmera do celular para ler o código, com a ajuda de aplicativos para leitor de QR Code disponíveis nas versão gratuita ou paga nos smartphones. Com isso, a praticidade é um grande benefício.

 

Além disso, com o uso do QR Code você consegue melhorar a divulgação de seu negócio, pois pode fixar códigos nas embalagens dos produtos, estacionamento e demais locais, com informações sobre sua empresa. Assim, o usuário vai conhecer os detalhes de seu negócio sem precisar pesquisar.

 

A segunda vantagem é a possibilidade de comunicação com o usuário, pois o QR Code pode conter todo tido de formato, desde textos até mesmo vídeos. Assim, na era tecnológica e de redes sociais em que se vive atualmente, apresentar um vídeo em uma rede social para o usuário, pode ser uma ótima forma de estreitar o relacionamento.

 

Nesse caso, o vídeo pode ser breve e falar sobre informações relevantes sobre seu negócio. Se for um negócio do ramo alimentício, por exemplo, o usuário pode ser direcionado ao perfil do Instagram da empresa e a um vídeo explicando as informações nutricionais do alimento adquirido.

 

Esse é só um exemplo, pois como o QR Code é muito versátil, seu negócio pode explorar de diversas formas, conforme for mais condizente e vantajoso para seu segmento.

 

A terceira vantagem é a utilização do código para facilitar o processo de pagamento para o usuário. Isso ocorre porque os aplicativos de banco e as chamadas carteiras digitais, possibilitam que o usuário realize o pagamento pelo QR Code sem precisar ter seu cartão de crédito ou débito em mãos.

 

Com isso, o número de vendas do seu negócio pode subir, pois mesmo quem não está com o cartão em mãos, vai conseguir fechar negócio com você.

 

A utilização desse código para pagamento torna o procedimento muito mais ágil e prático, o que é cada vez mais essencial para conquistar e fidelizar seus clientes.

 

A quarta vantagem, ainda em relação ao pagamento, é a segurança que o QR Code oferece tanto ao usuário quanto à empresa. Isso se dá pelo fato de evitar fraudes, já que o usuário é direcionado automaticamente ao método de pagamento que você disponibiliza.

 

Além disso, evita que ocorram pagamentos duplicados ou com algum tipo de erro. Assim, as duas partes podem negociar com maior tranquilidade e segurança do começo ao fim.

Desvantagens do QR Code para uma empresa

As vantagens do QR Code são inúmeras e não param nas listadas acima, no entanto, também pode apresentar desvantagens. Por isso, uma das coisas que é preciso ter sempre em mente é a finalidade e o objetivo que seu negócio possui em relação a esse tipo de ferramenta.

 

A primeira desvantagem está relacionada ao uso do QR Code pode não ser a melhor escolha. Uma dessas áreas é na substituição de caixas para pagamentos de produtos. É possível utilizar o QR Code para evitar que os usuários enfrentem filas em estabelecimentos comerciais na hora de passar produtos no caixa.

 

Empresas já utilizam o QR Code como forma de pagamento direta, em que os usuários apontam o celular para os produtos que desejam comprar e o valor é pago sem precisar passar no caixa.

 

No entanto, essa função pode ainda ser um pouco problemática, pois podem acontecer falhas na computação dos produtos, de forma que alguns itens podem acabar não sendo debitados. Isso acarreta prejuízo à empresa.

 

A segunda desvantagem que o QR Code pode apresentar é o fato de que o cliente só vai conhecer o conteúdo do código após a decodificação. Com isso, pode ser que ele não esteja interessado no conteúdo, mas só vai descobrir depois de ver.

 

No entanto, essa é uma desvantagem que as empresas podem ter atenção redobrada para que não aconteça. Para tanto, conhecer os usuários e saber o que precisa ser disponibilizado no QR Code é essencial. Assim, você evita que seu negócio acabe dando informações que o usuário não estava interessado em saber.

 

A terceira desvantagem é no sentido da impressão do código nos produtos, embalagens e locais em geral onde o QR Code pode ser exibido. Em regra, impressoras podem apresentar problemas na qualidade da impressão se não forem apropriadas para esse tipo de código.

 

O que pode ser um grande problema, pois um QR Code necessita de impressão precisa e bem definida para que o usuário consiga realizar a decodificação com o celular. Assim, o processo de impressão pode ser mais lento e mais caro, a depender do local.

Origem desta tecnologia

Outra questão interessante sobre o QR Code é sua origem, pois assim você consegue ter maior conhecimento acerca dessa tecnologia.

 

O código foi desenvolvido no Japão, que é um dos países que mais desenvolve tecnologias em todo mundo. E essa criação aconteceu no ano de 1994, apesar de ter se expandido para o mundo somente alguns anos atrás.

 

Antes de ser expandido, o uso do QR Code é muito utilizado na indústria de veículos, pois foi uma empresa voltado ao mercado automobilístico que criou o código.

 

Depois disso, por volta de 2003 o QR Code passou a ser utilizado em celulares, pois as câmeras passaram a ter maior qualidade na leitura, permitindo a utilização dos códigos.

 

No entanto, no Brasil o QR Code só ingressou em 2007, quando uma empresa começou a utilizar essa tecnologia em uma publicidade. Depois disso, outras empresas passaram a adotar o código e atualmente o uso é praticamente em todos os locais.

Quando optar pelo uso desta ferramenta?

Depois de saber das vantagens e desvantagens e saber que é preciso ponderar a decisão de utilizar ou não essa ferramenta, entender quando pode ser favorável optar pelo uso do QR Code, é indispensável.

 

Apesar de ter mais vantagens do que desvantagens, saber se a finalidade que você deseja pode ser suprida pelo QR Code, pode fazer seu negócio evitar prejuízos e investimentos incompatíveis.

 

Dentro disso, uma das principais situações em que seu negócio pode utilizar o QR Code é nas embalagens de produtos para melhorar a comunicação com o usuário.

 

Isso é uma forma de uso que não possui grandes desvantagens, pois se o usuário está comprando seu produto, é porque está interessado nele. Assim, disponibilizar um código que leve ele diretamente para o local em que há mais informações sobre o produto, é uma grande praticidade.

 

Essa prática evita que as informações fiquem paradas no seu site sem que os usuários acessem. Assim é muito mais fácil apontar a câmera do celular e ser direcionado do que acessar manualmente o site da empresa e localizar a informação desejada.

 

Além disso, outro momento ideal para você utilizar o QR Code em seu negócio é na parte de transporte das mercadorias. Se sua empresa trabalha com entregas ou com recebimentos, contar com QR Code pode fazer as informações de entrega serem muito mais claras.

 

Com base nas informações que podem ser incluídas no QR Code, está:

 

🔍Remetente;

 

🔍Destinatário;

 

🔍Tipo de mercadoria;

 

🔍Rastreabilidade.

 

Note que até mesmo informações sobre rastreabilidade podem conter no código, de forma que o usuário pode acompanhar todo o processo de entrega em tempo real, por meio do QR Code que você disponibilizou no atendimento.

 

Isso pode fazer  a logística de entrega ser ainda mais tranquila, sem necessidade de grande disponibilização de atendimento para acompanhar os pedidos de uma empresa.

 

Outro momento que o QR Code pode ser muito utilizado é no marketing do seu negócio. No entanto, mais abaixo esse assunto será tratado em tópico exclusivo, pois é de grande importância.

QR Code nas unidades de produção e marketing

Utilizar QR Code nas suas estratégias de marketing pode ser um grande benefício, pois você já sabe que essa ferramenta tem alto poder de comunicação com o usuário. E isso pode ser uma ótima opção principalmente para o público que fica mais conectado na internet.

 

Isso se dá porque atualmente o marketing de conteúdo é muito importante para o desenvolvimento de um negócio, visto que grande parte dos consumidores estão ativamente nas redes sociais e páginas na internet.

 

Com isso, seu negócio pode ser visto por muitos mais usuários com estratégias de marketing que utilizem um QR Code. Além disso, traçando metas de crescimentos nas redes, o marketing que utilizar o QR Code como porta de entrada, vai fazer toda diferença.

 

Para realizar isso, as abordagens vão depender do tipo de segmento do seu negócio e do objetivo. Mas, um dos objetivos atualmente é trazer cada vez mais o usuário para as redes sociais da empresa.

 

Assim, colocando um QR Code em banners, catálogos, revistas, e-mail,  aplicativos e redes sociais, por exemplo, você consegue se comunicar com o usuário, de forma completa e específica. Sendo assim, ele será direcionado para onde você quer e verá exatamente o que você quer.

 

Para tanto, um dos pontos mais importante é decidir onde colocar o QR Code para que sua campanha de marketing tenha resultados. Bem como, colocar informações de interesse do público é essencial.

 

Muitas vezes, ainda, o QR Code pode ser o meio para que o usuário ganhe promoções como descontos em produtos ou serviços. Além disso, outras estratégias de marketing podem ser implementadas, como solicitar que o usuário siga seu negócio nas redes sociais.

 

Dessa forma, com o uso do QR Code você vai conseguir ter usuários mais engajados e descobrir informações importantes sobre seu público.

Como implementar o QR Code na sua empresa?

Depois de descobrir como e para que funciona, bem como conhecer as vantagens e desvantagens do QR Code, saber como implementar no seu negócio é outro passo importante.

 

Para criar um QR Code existem vários passos e formas diferentes. Você pode contratar alguém para fazer esse serviço ou você mesmo pode fazer. No entanto, antes é preciso ter a informação que você quer que seja codificada.

 

Um exemplo é o seu site. Digamos que com o QR Code você quer que o usuário seja direcionado ao seu site para uma aba específica de informações. Então, antes de criar o QR Code, essa aba deve estar pronta com todas as informações que deseja transmitir.

 

Feito isso, você precisa encontrar uma página ou aplicativo de gerador de QR Code. Existem várias opções na internet. Depois de escolher, dentro do programa você vai precisar definir o tipo de dado que será codificado, que nesse exemplo é o URL do seu site.

 

Adicionalmente, algumas configurações do QR Code podem ser feitas, a depender do programa utilizado. Em geral, você consegue alterar a aparência do código, o estilo e até mesmo a coloração da página onde ele vai aparecer.

 

Com isso, o ideal é criar uma identidade que sempre seja utilizada no seu negócio para que o usuário já consiga associar com maior facilidade.

 

Depois de definir todas as opções que o gerador disponibiliza, é hora de efetivamente gerar o código. Antes de colocar o código na sua campanha ou na sua estratégia, é preciso conferir para garantir que está tudo funcionando.

 

Assim, pegue seu celular e aponte a câmera para conferir se irá funcionar e redirecionar para onde você deseja.

 

Dependendo do gerador, você pode até mesmo colocar seu logotipo no centro do QR Code, o que vai proporcionar ainda mais profissionalismo ao usuário. Contudo, não é obrigatório e não haverá prejuízos se optar por não utilizar.

 

Pronto, agora seu código está pronto para que os usuários decodifiquem e utilizem conforme você programou.

Alternativas ao QR Code

Se você gosta do conceito do QR Code, porém não deseja utilizar, saiba que existem alternativas parecidas que podem suprir melhor suas necessidades, caso queira.

 

Nesse caso, existe o Data Matrix, que é uma ferramenta parecida com o QR Code. Essa ferramenta é muito utilizada quando se precisa conter um código cujo objeto é muito pequeno.

 

Isso se deve a esse tipo de código, que consegue utilizar linhas e barras com espaços bem menores. Assim como o QR Code, é possível ler o Data Matriz do smartphone.

 

Além disso, pode ser lido por leitores de código bidimensionais em caixas de estabelecimentos, o que permite que seja utilizado no lugar do código de barra nos produtos, igual ao QR Code.

 

Assim, essa é uma alternativa muito parecida e que também pode suprir as necessidades de seu negócio, a depender do objetivo.

Alcance do QR Code

O QR Code pode ter um alcance enorme, o que é favorável ao seu negócio. Isso porque, ele pode ser compartilhado entre amigos e usuários, bem como você pode enviar de maneiras diferentes.

 

Com isso, é uma excelente oportunidade para fazer com que seu negócio chegue a locais aonde não chegava anteriormente. Mas para que isso seja válido, a dica de que é preciso conhecer o público é, mais uma vez, essencial.

 

Para conseguir eficiência em qualquer estratégia, atingir o público correto é mais do que essencial. E com esse código não é diferente. Por isso, se você for utilizar ele em mecanismos de marketing e divulgação, o foco é indispensável.

 

Para compreender melhor seu público, você pode utilizar técnicas de coleta de dados, por exemplo. Como o QR Code é algo bem tecnológico, para garantir que seu público utiliza essas modernidades, você pode criar atrativos nas redes sociais.

 

Com o avanço das respostas favoráveis, você cria o QR Code e pode investir tempo e orçamento para começar a se comunicar com os usuários a partir desse meio.

 

Além disso, acompanhar o feedback dos usuários quanto à qualidade e funcionalidade do QR Code é importante. Fique atento aos relatos para que consiga melhorar o código e transmitir as informações que, de fato, os usuários desejam consumir.

Dessa maneira, o QR Code conta com diversas funcionalidades, sendo uma das ferramentas inovadoras mais versáteis para se utilizar em um negócio.

 

Ademais, assim como qualquer outra ferramenta, apresenta vantagens e desvantagens. Isso significa que para verificar se vale a pena para o seu negócio, um estudo precisa ser feito.

 

Nesse estudo você pode levar várias questões em considerações, como o tipo de usuário e a relevância das informações que você quer transmitir pelo QR Code.

 

Além disso, a forma como ele vai chegar até o usuário é essencial. Tudo deve ser bem pensado para que seja eficiente. Assim, você evita gastos desnecessários e prejuízos à empresa.

 

No entanto, de um modo geral, o QR Code é uma ferramenta que agrada grande parte dos negócios no Brasil e no mundo todo, uma vez que é muito prática, econômica e eficiente. Isso se dá para diversas finalidades, o que torna a opção muito mais viável em todos os tipos de setores empresariais, desde o alimentício até o de eletrônicos.

 

Além disso, conforme o tempo passa, mais pessoas vão tomando conhecimento dos benefícios do QR Code. O que quer dizer que os usuários estão cada vez mais familiarizados com essa forma de comunicação e estão mais aptos a utilização.

 

Dessa forma, independentemente do porte do seu negócio, o QR Code pode ser uma ótima alternativa para você modernizar seus sistemas de identificação de mercadoria, adquirir mais comunicabilidade com os usuários e fazer a empresa se desenvolver cada vez mais.

 

⭐⭐ Gostou do conteúdo? Quer conhecer outros conteúdos importantes para alavancar a sua empresa no mundo dos negócios?

 

Então não perca tempo! Acesse outros conteúdos disponíveis neste site e nas nossas redes sociais.

 

Desejamos sucesso e conte com o Sebrae!

QR Code
Como utilizar o QR Code no meu negócio?
QR Code é um código em visual que, depois de ser escaneado pela câmera do celular, é convertido em um texto, link ou imagem.