Tudo o que você precisa saber sobre Valuation!

O que é Valuation?

Avaliação
Sem votos

Publicado em 22/07/2021 | Atualizado em 22/07/2021

Imagem do Topo
Valuation

Você já ouviu falar em Valuation? Provavelmente sim. Se você é um empreendedor, estar familiarizado com este termo é fundamental, uma vez que ele pode ser decisivo para o processo decisório dentro da sua empresa, para o cumprimento das obrigações financeiras e para o posicionamento da organização diante de seus concorrentes no mercado.

 

Mas a verdade é que muita gente ainda tem dúvidas quando se trata de Valuation. O conceito da expressão é simples de entender, mas complexo de aplicar. Afinal de contas, quantos empresários que você conhece sabem o valor de mercado de seus negócios? Quantos deles ao menos sabem como descobrir este valor?

 

Pois bem, neste artigo vamos desmistificar o Valuation. Pensando em tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e ajudar você a compreender como ele pode ser aplicado à realidade do seu negócio, independentemente do porte e do segmento em que atue, desenvolvemos este material especialmente sobre o tema.

 

Aqui você vai aprender de uma vez por todas o que é Valuation, pra que serve e como descobrir o valor da sua empresa.

 

Continue com a gente para aprender tudo o ou você precisa saber sobre Valuation!

O QUE É VALUATION?

Quando o assunto é o Valuation de um negócio, primeiramente é preciso compreender o que, de fato, significa esta expressão. Valuation é um termo que vêm da língua inglesa, com o sentido de atribuir valor.

 

É muito comum ouvirmos falar em fusões e aquisições de grandes empresas. Por exemplo, o Facebook comprou o Instagram e o WhatsApp. O primeiro saiu por cerca de 1 bilhão de dólares em 2011, enquanto o segundo foi vendido para a gigante de Mark Zuckerberg por 22 bilhões de dólares, em 2014. Aqui no Brasil, a varejista de materiais esportivos Centauro (Grupo SBF) adquiriu a Nike em território nacional por cerca de 900 milhões de reais. Após disputar com este mesmo grupo brasileiro, a Magazine Luiza comprou a Netshoes por 115 milhões de dólares, em 2019.

 

Mas e se um concorrente aparecesse hoje querendo comprar a sua empresa? Por quanto você venderia? Pergunta complexa, sem dúvidas. Para ter certeza de que não estaria saindo no prejuízo, você precisaria fazer o Valuation do seu negócio.

 

Ou seja, quando fazemos este processo, estamos literalmente dizendo quanto uma empresa vale. No entanto, um negócio é muito diferente de um produto ou serviço. Com uma estrutura que envolve ativos, passivos, pessoal, valor de marca, confiabilidade etc. Estabelecer qual é o valor de mercado de uma empresa não é uma tarefa assim tão fácil, uma vez que cada um destes aspectos precisa ser levado em consideração. Deste modo, de forma mais técnica, uma definição de Valuation de empresas seria: determinação do valor de uma empresa, bem como da participação acionária em seu quadro.

 

No caso da compra da Netshoes pela Magazine Luiza, por exemplo, a empresa adquiriu todas as ações da loja virtual de materiais esportivos. A varejista de eletrônicos e mobiliário pagou R$ 3,70 por cada ação da empresa. 

Para que serve o Valuation?

Agora que você já sabe o que é o Valuation, falta entender para que ele serve. E saiba que não é apenas para a compra e venda de negócios! Por isso, mesmo que você não pretenda negociar a sua empresa, pode ser importante realizar o processo e descobrir quanto ela vale.

 

Existem inúmeras razões pelas quais é importante saber o preço do seu negócio no mercado. Desde situações de cunho corporativo até aquelas mais pessoais. Tanto para os menores negócios, quanto para os mais importantes líderes globais, conhecer o valor de um negócio é uma ferramenta financeira muito importante.

 

Alguns procedimentos que podem ser beneficiados pelo Valuation são a contratação de um seguro, uma realocação imobiliária e a emissão de relatórios financeiros. Além disso, diversos tipos de transações comerciais requerem uma avaliação do valor da empresa, não só a sua compra e venda, mas também a negociação de ações, por exemplo. Por outro lado, a liquidação de dívidas ou penhora de bens também pode ser beneficiada pela aferência do valor da empresa.

Como se faz o Valuation de um negócio?

O Valuation de uma empresa é uma técnica que pode ser realizada por alguns profissionais, como consultores financeiros e contadores, e até pelo próprio gestor ou proprietário. E da mesma forma que na avaliação de bens imóveis, no Valuation corporativo existem metodologias estabelecidas para que esta avaliação forneça resultados verossímeis, condizentes com a realidade do negócio e de seu mercado.

 

No entanto, é importante ter em mente que todos os métodos de aferência do Valuation fundamentalmente realizam uma comparação. Esta, é feita de forma direta entre a empresa ou propriedade em questão e outras organizações. Neste contexto, cabe destacar que o processo de seleção dos negócios utilizados para esta comparação é indispensável, visto que cada empresa pode influenciar de forma variável os resultados da análise, uma vez que dificilmente você encontrará duas empresas com modelos de negócio idênticos.

 

Entre os critérios considerados para estabelecer quais comparações realizar, podemos elencar, por exemplo: localização, valores de comercialização dos produtos ou serviços, melhorias realizadas na infraestrutura etc. Independentemente de quais fatores sejam elegidos, sempre se tratará de uma comparação de algum tipo, sendo que ela determinará o valor de mercado do item em análise, seja uma empresa, um título, uma propriedade, etc.

 

Assim, estar adequadamente informado sobre as condições do segmento em questão, bem como sobre economia em geral é indispensável para a realização do Valuation de forma apropriada. No entanto, quando se trata de negócios, ter acesso a todos os dados necessários para a realização de comparações acuradas pode ser um desafio. Muitas informações são mantidas sob sigilo, o que é importante do ponto de vista estratégico para as organizações.

 

Por isso, por mais experiente que seja o profissional responsável por realizar o cálculo do Valuation de uma empresa, raramente ele terá acesso a todos os dados necessários para aferir de forma integralmente precisa. Deste modo, além de compreender que o Valuation se baseia fortemente em análises comparativas para ser aferido, é importante também reconhecer que se trata de uma estimativa do valor da empresa, e que está fortemente atrelado ao caráter temporal, visto que mudanças no cenário econômico e no mercado podem afetar o valor de um negócio sem que mudanças internas espontâneas tenham ocorrido.

Métodos para realizar o Valuation de uma empresa

 

De forma geral, quando se realiza o cálculo do valor de uma empresa, o objetivo é determinar o valor da organização comercial como um todo. Por isso, a aferência do Valuation é feita tendo por base o controle acionário daquele negócio.

 

Neste âmbito, a determinação do valor de mercado mais justo de uma organização geralmente é feita usando um ou mais métodos de Valuation.

 

Alguns dos métodos elegíveis compreendem:

 

✔️ Método do Fluxo de Caixa Descontado: afere o valor líquido atual com base nos fluxos de caixa projetados para os próximos períodos;

✔️ Método de Avaliação do Patrimônio;

✔️ Método de Retorno sobre o Investimento: afere a capitalização de lucros futuros sustentáveis;

✔️ Método Valor de Mercado do Segmento.

 

A seguir, você verá uma definição resumida de cada uma destas metodologias. Desta forma, poderá determinar qual ou quais são mais adequadas para o emprego no Valuation do seu negócio.

 

✔️ Método do Fluxo de Caixa Descontado

 

O Método de Fluxo de Caixa Descontado é geralmente tido como a abordagem técnica de mais alta qualidade. Isso porque ele permite o reconhecimento de eventuais flutuações do desempenho no futuro. Assim, ele emprega projeções de lucro e riscos associados para aferir o valor de uma organização, apresentando, normalmente, resultados decrescentes no decorrer do tempo.

 

Além disso, neste método, também é calculada a taxa de correção do superávit. Este procedimento visa garantir a manutenção das proporções adequadas com o decorrer do tempo, aspecto importantíssimo por se tratar de projeções do futuro, o que aumenta a confiabilidade dos resultados deste método.

 

Neste contexto, é importante ter em mente que quanto maior o tempo analisado, mais desafiadora é a aplicação do método e mais suscetível a erros e inconsistências ele se torna. Isso ocorre em função do aumento da imprevisibilidade do mercado em um período muito distante no futuro, uma vez que faltam recursos objetivos para determinar a realidade do mercado e da empresa em tão longo prazo. Assim, há maiores chances de que eventuais imprevistos afetem as projeções.

 

Tome como exemplo a pandemia mundial do novo Coronavírus. Um Valuation por fluxo de caixa descontado feito no início de 2019 e considerando o ano de 2020 com certeza falhou em prevê-la. Por outro lado, uma avaliação realizada no final do ano de 2019 já poderia levar este incidente em consideração, visto que os primeiros casos na China já haviam sido noticiados.

 

Desta forma, a fim de aplicar esta metodologia é necessário dispor de previsões confiáveis de fluxo de caixa em longo prazo. Tendo em vista que os negócios tipicamente estão sujeitos a uma alta volatilidade em seus desempenhos, muitas vezes é arriscado confiar apenas neste método para a definição do Valuation. Assim, vale destacar que, habitualmente, utiliza-se um período entre 5 e 10 anos (entre passado, presente e futuro) para que se possa obter uma avaliação eficiente por este método.

 

Apesar dos riscos e desvantagens que já mencionamos, o método de obtenção do valuation de uma empresa por fluxo de caixa descontado também tem seus pontos positivos. Os maiores benefícios deste formato são a criar uma avaliação do caixa do negócio em médio prazo e mais clareza na aferência dos riscos do método. Além disso, a consideração de múltiplos cenários de mercado propicia o fornecimento de uma visão mais abrangente das previsões realizadas para embasar os cálculos.

 

✔️ Método de Avaliação de Patrimônio

 

O Método de Avaliação de Patrimônio, de forma geral, não é considerado bom para avaliar o valor de mercado de um negócio, pois não fornece bons dados sobre continuidade, ou seja, a respeito de previsões para o futuro da empresa. No entanto, é um recurso de comparação muito importante.

 

Por meio dele, considera-se que o valor da empresa está em seus ativos subjacentes e que o valor destes, conforme registrado nas demonstrações financeiras da organização, é um reflexo adequado do valor atual.

 

Assim, alguns dos itens que podem servir de base para a realização do Valuation por este método são os imóveis em nome da empresa, maquinário e parque industrial, itens do estoque, dispositivos dos escritórios, frota de veículos, etc., bem como a dedução de eventuais dívidas. Uma das vantagens é requerer apenas algumas contas simples para sua aferência, que pode ser bastante acurada em termos de avaliação dos ativos, mas que não representa de fato o valor do negócio, uma vez que aspectos intangíveis e projeções futuras acabam por passar longe da vista nos cálculos, como: o valor da marca, a sua credibilidade, capacidade de crescimento, etc. Cabe destacar também que, para que se possa obter exatidão nos resultados, é necessário que se mantenha um balanço patrimonial adequado dos ativos da empresa.

 

✔️ Método de Retorno Sobre o Investimento

 

O Método de Retorno Sobre o Investimento configura-se como um formato confiável a ser aplicado para negócios com maior grau de maturidade. Ele capitaliza o valor do lucro antes do desconto dos impostos (o EBITDA) e, desta forma, determina o valor de um negócio.

 

Para empregar este método, é preciso determinar os lucros futuros sustentáveis da organização, realizar uma avaliação de taxa de capitalização condizente com o cenário e avaliar os ativos excedentes para a empresa. Por isso, é frequentemente aplicado no Valuation de empresas que já possuem um longo histórico de atuação no mercado, de modo que seja possível determinar parâmetros financeiros verossímeis caso se opte pela continuidade dos negócios.

 

Cabe destacar que, empregando este método para o Valuation corporativo, pode-se esperar que o valor obtido para o negócio exceda em alguma medida o valor dos ativos disponíveis, uma vez que ele estabelece confiabilidade para a empresa no futuro, diferentemente da mera avaliação patrimonial, que apenas atesta para o valor da empresa naquele dado momento.

 

✔️ Método de Valor de Mercado do Seguimento

 

O Método de Valor de Mercado do Segmento pode ser empregado em setores nos quais exista um número relativamente alto de negócios, em que a negociação e aquisição destas empresas ocorra de forma frequente e que o valor de comercialização destes negócios seja conhecido.

 

Desta maneira, os valores de mercado atuais das organizações podem ser determinados por comparação para negócios semelhantes e que permitem a analisar lado a lado as características das empresas sob consideração. Assim, este procedimento pode oferecer uma base para que se obtenha uma opinião de mercado razoável acerca do valor de uma empresa.

FACILITANDO A ANÁLISE DO VALUATION DO SEU NEGÓCIO

✔️ Método de Retorno Sobre o Investimento

 

Como você pôde notar, existe uma ampla gama de métodos de avaliação que foram sendo desenvolvidos ao longo do tempo para que se possa fazer o Valuation de uma empresa. Todos oferecem diferentes regras, vantagens e desvantagens que precisam ser consideradas no momento de sua seleção.

 

Dominar cada uma destas metodologias é um verdadeiro desafio, e entender como e quando aplicar cada uma pode ser complicado, principalmente quando não existem informações sobre outras empresas do segmento disponíveis para uma eventual comparação. Pensando em lhe propiciar uma ferramenta mais acessível para que você possa aferir o valor da sua empresa, vamos explorar mais a fundo um método que vai lhe fornecer um resultado consistente, capaz de fundamentar seu processo de tomada de decisões.

 

Trata-se do Método de Valuation por Retorno Sobre o Investimento. Ele é capaz de fornecer uma análise de forma objetiva e confiável do fluxo de renda da sua empresa e, em seguida, prover uma avaliação do risco desse fluxo de receita contínuo no futuro.

 

No cálculo, este risco será expresso como um valor em porcentagem que é conhecido como ROI% (Return Over Investment Percentage - Percentual de Retorno Sobre o Investimento). Talvez você já conheça este termo de sua experiência em outros setores da gestão de um negócio, como o Marketing, por exemplo, contexto em que é muito importante para a aferência do sucesso das ações publicitárias do negócio.

 

No entanto, vale destacar que é impossível conhecer com exatidão o percentual do ROI a ser aplicado no cálculo do Valuation, uma vez que ele depende diretamente de uma série de fatores subjetivos relacionados ao seu negócio e à forma como ele se insere no mercado em que atua. Por isso, muitos potenciais compradores podem ter ressalvas ao valor estipulado para o negócio, de modo que é muito importante que você conheça de perto os fatores da estrutura do seu negócio e do segmento que contribuem para a composição do seu valor.

 

Além disso, como já mencionamos anteriormente, para chegar a um valor bem estabelecido, é interessante utilizar mais de um método de Valuation em conjunto. Para fazer um Valuation bem completo e confiável do seu negócio, você pode aplicar em conjunto com o método de Retorno Sobre Investimento a Avaliação Patrimonial, por exemplo. Além disso, se tiver dados de aquisições no seu setor disponíveis, eles também podem ser empregados para chegar a um valor ainda mais acurado.

 

É importante também compreender que, no momento de fazer o Valuation de uma empresa, quanto maior a porcentagem de ROI estipulada, maior o risco percebido sobre a renda contínua do seu negócio. Para muitas pessoas este conceito parece não fazer sentindo, mas analisando a fórmula do Valuation por ROI, veremos que este é inversamente proporcional ao valor de mercado do negócio.

 

Digamos que você deseje colocar seu negócio à venda no mercado. Um comprador cauteloso vai querer saber se a receita atual do negócio é sustentável e pode ser obtida de forma contínua. E o ROI% empregado no cálculo do valor da sua empresa é um reflexo desse risco, sendo muito importante levar em consideração que o ROI% é determinado sobretudo pela oferta e demanda.

 

Desta maneira, se uma organização estiver em um segmento com alta procura, um eventual comprador provavelmente já estará preparado para pagar mais por um negócio deste setor, o que vai levar a uma consequente redução do ROI%. Por isso, o ROI% se altera com a passagem do tempo e as flutuações do mercado. À medida em que os ciclos de negócios se alteram, ele se modifica. Por este motivo, é muito importante não confiar simplesmente em regras práticas quando se for realizar o Valuation de uma empresa.

 

Entre os benefícios de aplicar este método para fazer o Valuation do seu negócio, vale destacar que assim é possível comparar vários negócios, de diversos setores a partir de uma mesma base. Com o uso do método de Retorno Sobre o Investimento, uma empresa atacadista pode ser comparada a um varejo ou a uma indústria, ainda que operem em contextos completamente distintos.

Calculando o valor do seu negócio

A seguir, iremos demonstrar como você pode fazer o cálculo do Valuation do seu negócio. Para isso, utilizaremos um exemplo, a fim de ilustrar o passo a passo do processo. Empregue os números da sua empresa no método a seguir para fazer o Valuation dela.

 

Em nosso exemplo, João é proprietário de uma pequena empresa do setor alimentício. Sua empresa obtém um lucro líquido ajustado de 200 mil reais por ano. No caso desta empresa, um ROI% de 40% é considerado razoável para utilização nos cálculos.

 

De posse destes dados, o valor potencial de venda do negócio do João pode ser obtido por meio da fórmula a seguir:

 

Preço De Venda = Lucro líquido ajustado/ Retorno sobre o investimento (ROI)%

Assim, Preço De Venda = 200.000/40% (0,4)

Neste caso, a partir do Valuation da empresa de João, seu valor de venda será de 500 mil.

 

❓❓ Como é calculada a porcentagem do ROI?

 

O ROI% obtido é derivado da divisão do preço de venda de uma empresa pelo lucro líquido ajustado da empresa (conforme a fórmula abaixo).

 

Digamos que João venda seu negócio por 500 mil para outro empreendedor e que, no momento da venda, sua empresa estivesse produzindo um Lucro Líquido Ajustado de 200 mil por ano. Assim, o ROI% para esta organização será calculado como:

 

Retorno sobre o Investimento (ROI)% = Lucro Líquido Ajustado X 100/ Preço de venda

Retorno sobre o investimento (ROI)% = 200.000 X 100/ 500.000

Retorno sobre o investimento (ROI)% = 40%

 

Note que se trata apenas de uma inversão da fórmula que mostramos anteriormente. Por isso, para obter o valor da empresa é preciso conhecer o ROI, e para obter O ROI é preciso conhecer o preço de venda. Assim, desfrutar de uma noção acerca de qual ROI é aceitável para cada organização é indispensável ao cálculo do Valuation de um negócio.

 

📍 ROIs altos (na faixa de 120%), estão relacionados a empresas com as seguintes características: Estrutura de negócios básica, risco de queda nos lucros aumentado, queda na demanda pelo tipo do negócio.

📍 ROIs baixos (na faixa de 28%), estão relacionados a boas estruturas de negócios, baixo risco de ocorrer queda nos lucros e grande demanda por negócios deste tipo.

 

 Veja um exemplo, com três negócios diferentes, sendo que todos eles apresentam o mesmo lucro líquido ajustado, no valor de 100 mil reais. Estas empresas serão comparadas umas às outras, de modo que poderemos observar como o ROI responde a este contexto.

 

NEGÓCIO: Comércio de tecidos especiais no atacado

LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO: 100 mil

CARACTERÍSTICAS:

🖊️Empresa sedimentada no mercado há bastante tempo;

🖊️Trabalha com marcas de alta qualidade;

🖊️Não necessita de muita força de trabalho;

🖊️Possui contratos de exclusividade;

🖊️Funciona durante 5 dias por semana;

🖊️Funciona mediante gestão simplificada;

🖊️Aquisição de clientes facilitada;

🖊️Mercado com poucos concorrentes.

ROI: % 27% - 30%

FAIXA DE VALOR: 330.000 a 370.000 reais

 

NEGÓCIO: Indústria metalúrgica

LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO: 100 mil

CARACTERÍSTICAS:

🖊️Requer conhecimento do setor;

🖊️Planta industrial de alto nível;

🖊️Exige mão de obra qualificada;

🖊️Realocações de alta complexidade;

🖊️Altas despesas indiretas;

🖊️Lucro bruto reduzido;

🖊️Contatos comerciais bem estabelecidos;

🖊️Competitividade do mercado média à baixa.

ROI: 45% - 50%

FAIXA DE VALOR: 200.000 a 225.000 reais

 

NEGÓCIO: Empresa de treinamento físico personalizado

LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO: 100 mil

CARACTERÍSTICAS:

🖊️Não possui contratos de longo prazo;

🖊️Alta penetração de mercado;

🖊️Competição elevada;

🖊️Empreendedor motivado e bem relacionado;

🖊️Pouco tempo de mercado;

🖊️Atua durante 6 dias da semana;

🖊️Negócio fortemente baseado nas relações interpessoais dos proprietários.

ROI: 80% - 90%

FAIXA DE VALOR: 110.000 a 125.000 reais

 

Analisando estes cenários hipotéticos, você pode notar que quanto menor for o ROI%, maior será o valor do negócio associado. E não deixe de notar que o ROI% resulta do mercado de vendas de negócios, em que se calcula o valor do ROI.% sobre empresas que foram negociadas em um período recente.

 

Agora, outra variável que falta para que você possa calcular o valor da sua empresa é o Lucro Líquido Ajustado. Veja mais sobre isso a seguir.

ENTENDA O QUE É O LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Você talvez esteja se perguntando: “mas afinal o que é o Lucro Líquido Ajustado?”. De modo resumido, podemos definir este número como o lucro verdadeiro obtido por uma empresa, após o desconto de eventuais gastos ou receitas inesperadas. No contexto da contabilidade, ele é chamado de EBTIDA (Lucro antes dos juros, impostos, depreciação e anormais).

 

🤔🤔Pense bem! por que as pessoas abrem ou compram negócios? É para desfrutar da renda proporcionada pela produção e comercialização dos produtos daquela empresa. O método de Valuation por ROI calcula justamente o valor de mercado de uma empresa a partir da renda que ela é capaz de produzir. Por isso, é um método muito adequado para se chegar a um Valuation confiável e apropriado, conforme as condições do segmento e do negócio em questão.

 

Este fluxo de renda gerado por uma organização é demonstrado nas declarações realizadas pelo contador responsável pelo negócio. No caso das empresas privadas, as demonstrações financeiras costumam ser feitas para declaração do imposto de renda, por exemplo.

 

Neste contexto, elas desempenham sua função regulamentar, contudo, geralmente não são capazes de refletir de modo objetivo a realidade financeira das receitas ou dos ativos de um negócio, por se referirem a um período anterior. Com a flutuação do mercado, mudanças importantes podem ter ocorrido na situação econômica do negócio.

 

Deste modo, com o objetivo de estabelecer o Lucro Líquido Ajustado mais relevante para o Valuation de uma empresa, geralmente se utilizam os números referentes ao exercício atual, que é capaz de fornecer dados mais precisos sobre a situação do negócio neste momento.

 

Assim, para se fazer o Valuation da empresa, devem-se utilizar as demonstrações financeiras a fim de estabelecer o fluxo de receita contínua atual. A partir daí, basta multiplicar este valor por um ROI compatível com a realidade do negócio para que se possa chegar ao valor de venda da empresa.

 

👍🏼👍🏼 Domine o seu negócio

 

Ter domínio sobre as diferentes esferas do seu negócio é indispensável para o processo de tomada de decisões e para o posicionamento no mercado. Por isso, saber como empregar as diferentes técnicas e ferramentas de que você dispõe para visualizar com mais clareza e objetividade a situação do seu empreendimento é indispensável.

 

E um dos mais importantes recursos que você tem para isso é justamente o Valuation. Por meio dele, você terá mais confiança para negociar e tratar de questões financeiras relativas à sua empresa, ganhando até mesmo a possibilidade de se fundir a outros negócios ou de vender sua organização para investir em novos setores.

 

Neste contexto, a partir de dados básicos a respeito das finanças da sua empresa você pode calcular o valor do seu negócio por dois métodos: o do Retorno Sobre o Investimento e o de Avaliação Patrimonial. Assim, será capaz de tomar decisões de forma mais assertiva e identificar novas oportunidades e ameaças do seu mercado.

 

Além disso, para desfrutar de dados mais precisos e dar o próximo passo em momentos de transição ou em negociações mais ousadas, você também pode contratar profissionais especializados para fazer o Valuation do seu negócio. Independente do caminho que você escolher, comece agora a fazer o Valuation da sua empresa para colher os frutos no futuro mais próximo possível!

 

Aproveita para conferir outros conteúdos sobre este e outros temas disponíveis no nosso site e Redes Sociais. Desejamos sucesso na sua jornada empreendedora!

Valuation
Valuation: como calcular o valor da sua empresa no mercado?
Para saber quanto vale uma empresa para o mercado, alguns empreendedores fazem uso de um processo que chamamos Valuation ou valor monetário do negócio.
Arquivo