Quais vantagens de empreender em uma agência de marketing digital?

Principais desafios ao empreender com uma agência de marketing

Avaliação
Sem votos

Publicado em 08/10/2021 | Atualizado em 08/10/2021

Imagem do Topo
Agência de Marketing Digital

Estamos em um momento propício para buscar inovação e se reinventar dentro das novas possibilidades de trabalho. Com o crescimento da internet e das redes sociais, lojas e comércios de diferentes nichos passaram a buscar formas de se manterem competitivos no meio digital.

Porém, nem todos os empreendedores têm as habilidades necessárias para criar conteúdo de forma estratégica, fazer campanhas de anúncios nas redes sociais, criar banners promocionais e mensurar os resultados.

Nesse sentido, as agências de marketing digital surgem para suprir uma demanda que só tende a crescer nos próximos anos.

Portanto, se você está em busca de uma ideia de negócio ou até mesmo já deu o primeiro passo e montou a sua Agência de Marketing Digital, confira este artigo algumas informações sobre a atuação no mercado, dicas para alavancar seus resultados, como conquistar mais clientes e muito mais!

O que faz uma agência de marketing digital?

Uma agência de marketing digital é uma empresa segmentada que reúne serviços especializados para apoiar pequenos, médios e grandes negócios em suas estratégias e campanhas de marketing na internet.

Com a visão de negócio de uma agência de marketing digital, as empresas conseguem aproveitar melhor as oportunidades e, dessa forma, atrair exatamente a persona, que é uma representação que simboliza o cliente perfeito de uma marca ou negócio.

A partir disso, os profissionais da agência passarão a desenvolver estratégias que vão desde a criação de uma identidade visual, até a administração total dos perfis da empresa nas redes sociais, assim como toda a presença digital de uma marca.

Toda empresa possui necessidades específicas, uma vez que as ações e plano de marketing devem ter como base o nicho de atuação, serviços e produtos oferecidos e a missão da empresa.

Cabe à agência de marketing digital fazer uma leitura do negócio e apontar os melhores caminhos para se iniciar um trabalho efetivo e que traga resultados a médio e longo prazo.

Para montar uma agência de marketing digital é preciso ter conhecimento não apenas do mercado, mas principalmente conhecimentos específicos em áreas como:

🖥️ Jornalismo

🖥️ Design

🖥️ Marketing

🖥️ Redes Sociais

🖥️ Forte habilidade em comunicação

🖥️ Conhecimentos em anúncios pagos

🖥️ Search Engine Optimization (SEO)

🖥️ Ideias de organização de eventos onlines e presenciais

🖥️ E-mail Marketing

🖥️ Criação de infoprodutos

🖥️ E-books

🖥️ Entre outros

Dados sobre o mercado

Desde 2009, o mercado de marketing digital tem crescido de forma consistente no país. O impacto positivo dessa fatia do mercado se dá por conta do número de usuários que acessa a internet e as redes sociais diariamente.

As empresas notaram que, diante das telas, existem muitas possibilidades de entrar em contado direto com o consumidor. E, claro, com a vantagem de realizar uma comunicação mais atrativa, sem necessariamente empurrar um produto.

Foi assim que o marketing de conteúdo começou a se destacar. Não bastava apenas publicar a foto de um produto, era preciso criar uma comunicação afetiva e que conversasse com as dores das pessoas.

Não é à toa que as estratégias funcionavam e o mercado começou a se dar conta do potencial que tinha de estar nas redes sociais e na internet de forma geral, através de sites, blogs e canais no YouTube.

Tanto que, para se ter uma ideia, de acordo com dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o comércio digital no país ultrapassou os 100 bilhões de reais somente em 2020. Por conta da pandemia ocasionada pela Covid-19, as pessoas passaram a realizar compras pela internet e isso aumentou ainda mais a busca dos empreendedores pelos serviços oferecidos por agências de marketing digital.

Hoje, estima-se que 70% dos consumidores estão ativos na internet todos os dias e, durante a navegação, as empresas que já realizam estratégias de marketing digital, aumentam as chances de realizar vendas

Trata-se de um cenário hiperconectado com grande capacidade de gerar engajamento e impactar a vida das pessoas. Além disso, as possibilidades na internet são infinitamente maiores do que através das mídias tradicionais e ainda com a vantagem de ser um tipo de investimento mais econômico.

Fora que, dados apontam que a televisão paga, por exemplo, perdeu cerca de 10% do seu público em 2019. Mas, a internet vai à contramão com uma estimativa em que as pessoas passam mais de 100 dias por ano online.

O lado bom de tudo isso é que, no Brasil, o marketing digital ainda está amadurecendo, o que representa um terreno fértil para os empreendedores que decidirem investir no setor como forma de oferecer apoio a outros empreendedores que almejam crescer na internet.

Além disso, é importante ressaltar que há pesquisas que apontam ainda que empresas que investem em mídias digitais aumentam as chances de crescer anualmente em até 18%. Já as empresas que não investem em marketing digital, têm queda no faturamento de até 6%.

Quais serviços uma agência de marketing digital pode oferecer?

Uma agência de marketing digital pode oferecer um leque bastante diversificado de serviços que estão interligados com ações no mundo digital.

Porém, é importante ressaltar que todo empreendimento, antes de qualquer coisa, precisa ter o perfil do empreendedor. É ele quem dará a “cara” ao negócio, imprimindo conceitos, serviços e projetos diferenciados e que tenham a ver com a essência e proposta da marca.

Vejamos a seguir alguns exemplos de serviços que podem ser oferecidos por uma agência de marketing digital

✅ Criação de conteúdo especializado para redes sociais e blogs com técnicas de SEO;

✅ Desenvolvimento de pautas para materiais ricos, como e-books e infográficos;

✅ Fazer pesquisa e planejamento de palavras-chave;

✅ Criação de banner promocionais e logos;

✅ Criação de sites, lojas virtuais e blogs;

✅ Consultoria de branding;

✅ Definição do tom de voz da marca e identidade visual;

✅ Administração de contas e perfis em redes sociais;

✅ Buscar parcerias com marcas e influenciadores;

✅ Assessoria de imprensa;

✅ Definição de persona;

✅ Análise de métricas;

✅ E-mail marketing

✅ Newsletter;

✅ Criação de landing pages;

✅ Criação de iscas digitais para captação de leads

✅ Campanhas otimizadas em Adwords e Facebook Ads;

✅ Estratégias para tráfego orgânico;

✅ Criação de conteúdo em áudios, como podcasts;

✅ Conteúdos em vídeos

✅ Criação de relatórios com indicadores de resultados

Como deve ser a atuação da agência?  

Tudo começa com um primeiro contato entre cliente e especialista em marketing digital para traçar, através de um diálogo, a atual situação da empresa e objetivos a médio e longo prazo com o marketing digital.

Dependendo do tipo de cliente, é importante realizar treinamentos para que ocorra uma imersão mais significativa e, desta forma, se fazer uma leitura mais ampla sobre o negócio.

É possível se organizar da seguinte forma:

✅ Agendar uma visita à empresa ou fazer uma videoconferência

✅ Apresentação da equipe da agência

✅ Apresentação da equipe do cliente (conhecimento sobre serviços e produtos)

✅ Conhecer áreas abrangentes da empresa do cliente

✅ Compreensão sobre o público-alvo

✅ Compreensão maior sobre o nicho, objetivos, missão e metas

Logo ao final da reunião, é fundamental deixar pré-combinado sobre quais serão os principais canais e formas de comunicação entre as equipes:

✅ E-mail

✅ WhatsApp

✅ Telefone

✅ Necessidade de reuniões e periodicidade das mesmas para alinhar estratégias

Caso a empresa ainda nem tenha qualquer tipo de presença online, a agência deverá começar do zero com a criação de identidade visual, logomarca e criação dos perfis e páginas nas redes sociais.

Em seguida, o cliente deverá ser orientado sobre os possíveis investimentos necessários em publicidade e campanhas em ferramentas como Google Adwords e Facebook Ads.

Além dos anúncios, necessários para alavancar o nome da empresa no primeiro momento, a agência deverá trabalhar em conjunto com as ações de longo prazo, como a criação de conteúdo diário ou semanal. A periodicidade varia de acordo com o nicho de atuação e a agência deverá avaliar a quantidade de posts, por exemplo, que deverão ser publicados no Facebook, Instagram e demais redes sociais que a empresa estiver presente.

Alguns empreendedores, em um primeiro momento, podem iniciar os trabalhos da agência de marketing digital sozinhos. Conforme a empresa for crescendo e se destacando com novos clientes, você poderá contratar profissionais especializados nas mais diferentes áreas que abrangem o marketing digital.

Atualmente, a atividade mais comum que as agências de marketing digital precisa realizar junto a seus clientes é o gerenciamento das redes sociais. Para que esta tarefa seja feita de forma assertiva e gerando bons resultados para os clientes, é fundamental contar com o apoio de ferramentas de gerenciamento de postagens.

Elas ajudam a criar um cronograma de modo a agendar cada publicação e isso se faz totalmente necessário quando se cuida de diversas contas ao mesmo tempo. Em algumas agências, o empreendedor contrata um ou mais colaboradores apenas para realizar esse tipo de função, que demanda todo um planejamento e com atividades que precisam ser desempenhadas todos os dias.

Isso porque, além de criar as postagens com o conteúdo, pesquisa de tags e banner ou fotos, o administrador precisará responder seguidores e interagir com a audiência, pois é isso que trará os resultados que os clientes tanto desejam com as redes sociais. 

Quais vantagens de empreender em uma agência de marketing digital atualmente?

Para quem é um profissional especializado de marketing e já atua como autônomo, por exemplo, a principal vantagem de empreender em uma agência de marketing digital atualmente é aproveitar uma nova fatia de um mercado que está apenas começando no Brasil.

Além disso, você poderá estruturar a sua atuação de forma mais profissional, tendo assim a oportunidade de escalar o modelo de negócio, atendendo clientes de diferentes nichos.

Tendo em vista as mudanças significativas que o mundo passou a experimentar desde 2020 por conta da pandemia, outro ponto que vale a pena investir em uma agência de marketing digital como ideia de negócio é a possibilidade de trabalhar de qualquer lugar.

Estima-se que cerca de 46% das empresas adotaram o home office durante a pandemia e algumas até já anunciaram que pretendem manter o modelo de trabalho mesmo após a pandemia.

Isso mostra que o mercado está passando por uma transição e deixando de lado modelos obsoletos de trabalho que se baseiam em estrutura física, pouco rígida e com horários pré-estabelecidos.

O marketing digital, neste sentido, é uma das áreas que mais imprimem essa liberdade geográfica. É, sem dúvida, o setor mais bem consolidado e capaz de se aventurar de forma positiva na nova onda da internet 2.0 e da economia criativa.

Outro ponto que mostra as vantagens de empreender em uma agência de marketing digital está na variedade de empresas que são clientes em potencial.

Hoje, para sobreviver aos tempos modernos e de crise financeira, as empresas viram na internet a alternativa para não perder clientes. Tanto que, quem ainda não conta com uma estratégia bem definida de marketing digital está, sem dúvida, perdendo oportunidades de crescimento.

Qual tipo de público uma agência de marketing digital pode atender?

Ao montar uma agência de marketing digital, você poderá ter como clientes:

 

👍🏼 Supermercados

👍🏼 Lojas físicas e on-line

👍🏼 Comércios locais

👍🏼 Empreendedores individuais

👍🏼 Personal trainers

👍🏼 Professores

👍🏼 Escolas de idiomas

👍🏼 Cafeterias e docerias

👍🏼 Profissionais liberais

👍🏼 Universidades e instituições de ensino a distância

👍🏼 Bares e restaurantes

👍🏼 Joalherias e profissionais designers de joias

👍🏼 Psicólogos e terapeutas

👍🏼 Empreendedores digitais/ afiliados

👍🏼 Imobiliárias e consultores de imóveis

👍🏼 Concessionárias e lojas de veículos

👍🏼 Academias

👍🏼 Nutricionistas

👍🏼 Qualquer tipo de profissional especializado que queira aumentar sua visibilidade na internet

 

Como você pode ver, empreender em uma agência de marketing digital oferece diversas vantagens e é uma excelente ideia de negócio para se abrir atualmente. 

O público que poderá se beneficiar dos serviços de um marketing digital é bastante amplo e plural. Não são apenas médias e grandes empresas que precisam de uma agência, mas também profissionais que atual de forma autônoma.

Por exemplo, um professor de educação física que, além de dar aulas em escolas, oferece treinamentos personalizados para clientes individuais. A sua agência de marketing digital pode desenvolver toda a identidade visual das redes sociais deste cliente e aproveitar o conhecimento dele na área de educação física para criar conteúdo exclusivo nas redes sociais.

Neste caso, a agência deverá traçar um plano de comunicação com o intuito de fazer desse profissional uma autoridade nesse nicho.  Esse tipo de trabalho poderá aumentar não apenas a cartela de clientes do profissional, como também abrir excelentes oportunidades para que ele seja convidado para palestrar, dar entrevistas em veículos locais, além de mídias segmentadas.

Tudo isso impacta positivamente o trabalho do profissional e o grande responsável por tudo isso são as ações realizadas pela agência de marketing digital.

Formas de divulgar os serviços de uma agência de marketing digital

A própria agência será responsável por ser a vitrine na hora de atrair a atenção de clientes em potencial.

Para isso, é preciso definir um nome para a sua agência que possa transmitir o conceito por trás da proposta, mas que também tenha um pouco da sua personalidade.

Na sequência, com o nome escolhido, você deverá criar uma logomarca, definindo cores, estilos de fonte, etc. E em seguida já partir para a criação de páginas, perfis, site e blogs da sua agência.

Você deve estar se perguntando se é necessário que uma agência de marketing digital tenha um blog e a resposta é sim. Isso porque o conteúdo é a pilastra que sustenta todas as demais estruturas do marketing digital.

Sendo assim, é através do conteúdo publicado no blog e nas redes sociais que a sua agência se destacará, imprimindo profissionalismo e passando confiança para os clientes.

Além do desenvolvimento de site e blog responsivo para que o usuário possa navegar em diferentes tipos de meios, como celular, tablets e computadores, é fundamental criar pelo menos páginas no Facebook e perfil no Instagram, principais redes sociais.

O Instagram tem sido uma das ferramentas de comunicação mais eficientes para quem é empreendedor. Com mais de 1 bilhão de pessoas online na rede social de Mark Zuckerberg, também dono do Facebook, o Instagram é a porta de entrada para quem deseja se comunicar melhor com o seu público e, consequentemente, alcançar mais sucesso.

Estima-se que a média de acesso por dia na plataforma seja de aproximadamente 28 minutos. Ou seja, durante esse tempo, pessoas e possíveis compradores podem entrar em contato com a sua ideia.

Seja um serviço, produto ou uma causa, o Instagram se mostra eficiente para empresas de segmentos diversos, desde que a produção de conteúdo de qualidade e estratégias de comunicação sejam bem planejadas.

A seguir, vamos falar sobre como você pode usar o Instagram como uma excelente de ferramenta de comunicação e alavancar seus resultados.

‼️Use o Instagram como vitrine para sua agência ‼️

Para usar o Instagram como ferramenta de comunicação entre marcas e clientes, você precisa ter em mente que a plataforma vai além da publicação de fotos.

Muitos empreendedores ainda não enxergam o potencial do Instagram como ferramenta de marketing e acabam usando a rede social da forma errada. Alguns apenas criam o perfil, mas não o alimentam com o conteúdo ideal.

É através do conteúdo bem planejado, da utilização das tags e das demais ferramentas do Instagram que o engajamento vai aumentando. Por isso, não adianta criar um post por mês e acreditar que vai gerar resultados. É preciso que ele seja usado como uma vitrine, ou seja, precisa de novidades, boas imagens, texto conciso e que gere empatia do público e das marcas.

Vou começar do zero, o que devo fazer?

Agora, caso você ainda nem tenha um perfil na rede social, o primeiro passo para usar o Instagram como ferramenta de comunicação é:

📌 Escolher um bom @, ou seja, o nome que a sua marca será encontrada na rede. Pode ser o próprio nome da empresa ou alguma abreviação caso seja muito grande;

📌 Coloque a conta como comercial. Assim você consegue avaliar os resultados semanais de visualizações, visitas no perfil e interações com cada post criado;

📌 Escreva uma bio atrativa, deixando muito claro o objetivo da sua empresa. Por exemplo: somos um e-commerce de suplementos; ou ajudo você a atrair mais clientes;

📌 Crie um perfil no linktree e coloque as demais redes sociais e site da sua empresa no espaço para link do Instagram;

📌 Como foto de perfil, você pode escolher o logo da sua empresa ou usar uma foto própria caso seu perfil seja de profissional autônomo.

Pessoas se conectam com pessoas

O que faz o Instagram se destacar das outras redes sociais é a sensação de proximidade que a plataforma gera entre empresas, influenciadores e seus seguidores.

Uma parcela dos usuários ativos são produtores de conteúdo e outra são usuários comuns que têm perfis pessoais.

Você, como empreendedor, é um produtor de conteúdo e deve usar dessa ferramenta para gerar conexão com as pessoas. No Instagram, seguidores são atraídos por boas fotos e conteúdo de qualidade e com informações relevantes.

Depois, esses seguidores têm grande potencial para se tornarem clientes, e é assim que se começa uma comunicação assertiva e promissora entre empresas, marcas parceiras e clientes.

E como fazer isso? Primeiro, tendo em mente que as pessoas querem saber mais sobre quem está por trás daquela marca, quais são seus valores, ideais e sua rotina. Pense em conteúdos que geram essa proximidade e fazem as pessoas sentirem empatia pelo que você oferece.

Áreas principais de uma agência

 

Atendimento: também conhecida como customer success, é o setor ou profissional responsável em fazer a ponte entre cliente e a equipe operacional da agência de marketing digital.

São responsáveis pelas reuniões, trocas de informações, ideias e podem negociar prazos.

Planejamento/ gestão: setor responsável por criar o plano de cada cliente, alinhar suas expectativas e determinar o que é possível ser feito em um primeiro momento.

É fundamental que as pessoas deste setor tenham pé no chão e sejam extremamente responsáveis a fim de organizar um cronograma alcançável e de acordo com as estratégias que foram combinadas.

Operacional: equipe responsável na execução do plano e das estratégias de marketing. Aqui, entram desde os designers, desenvolvedores web, especialistas em tráfego, gestores de mídias sociais, redatores, assessores. Pode ser conhecida também como a equipe de criação, já que são eles que colocam a mão na massa e fazem os projetos acontecerem.

Financeiro: departamento responsável por todas as contas, verbas de campanha, pagamentos etc.

Direção: o empreendedor por trás da agência de marketing digital, ele é o líder, geralmente o responsável em fechar contratos e dialogar diretamente com clientes, abrindo espaço para as equipes de atendimento e planejamento.

Principais desafios ao empreender com uma agência de marketing

Sem dúvida, um dos maiores desafios de empreender no setor de marketing digital é buscar conhecimento constante sobre novas estratégias e ferramentas. Existem espécies de “ondas” no marketing digital que obrigam os profissionais estarem sempre antenados para aproveitar cada oportunidade e fazer a diferença com cada cliente.

Fora que, é preciso aprender rápido sobre as tendências, de modo a desenvolver estratégias que possam impulsionar uma marca, um produto ou serviço.

É claro que, tudo pode variar de acordo com o nicho de atuação de cada cliente e nem tudo se adapta dependendo do perfil, por exemplo. Mas veja, até mesmo alguns memes, que são imagens e vídeos que viralizam através de uma brincadeira ou algo engraçado passaram a servir de motor para muitas agências de marketing digital melhorar a comunicação dos seus clientes nas redes sociais.

Esse tipo de post cria proximidade com o público, humaniza a marca e acaba sempre conquistando mais seguidores por conta do apelo.

Então, os desafios são muitos e não se trata apenas em conseguir clientes como ocorre nos demais setores da economia quando se decide empreender. É preciso buscar alternativas, ser altamente criativo e tomar decisões rápidas, porque no digital existe um tempo de vida para uma publicação, um tema que esteja em alta e que o cliente pode aproveitar, então é preciso agir rápido.

Outro ponto extremamente importante é o que, no marketing digital, é preciso agir não apenas como uma empresa, mas principalmente como um agente de educação na internet.

Na publicidade direta, costumávamos ver uma marca criar uma campanha para mídias impressas, televisão e rádio focando no produto ou serviço. Oferecia-se esse produto falando de suas qualidades e esperava-se que os clientes gostassem e adquirissem.

É claro que esse tipo de estratégia publicitária ainda existe e funciona, dependendo da mídia em que aparece. Mas na internet as coisas são totalmente diferentes e as marcas precisam primeiro agir de forma a educar o público-alvo.

No caso da agência de marketing digital, essa atitude deve partir dela, porque como falamos anteriormente, ela é a própria vitrine para atrair novos clientes. Por isso, algumas agências já estão se comportando como sendo uma autoridade na internet, criando vídeos educativos, ensinando como os clientes podem ter um perfil mais atrativo nas redes sociais e tudo isso gera um interesse das marcas.

O relacionamento entre agência de marketing e cliente, após a assinatura do contrato, se torna um dos principais pontos para manter a conta, até mais do que resultados.

Você como profissional de marketing já deve ter ouvido que, durante uma crise financeira, um dos primeiros cortes que as empresas costumam fazer é com os investimentos em marketing e publicidade. Porém, o mercado ainda precisa amadurecer esse conceito, porque no digital a atitude deve ser exatamente o contrário.

É preciso verificar outras formas de fazer um reajuste nas finanças de modo a aumentar os investimentos em marketing digital para passar bem pela crise. No marketing digital, quanto mais se investe mais resultados uma empresa terá. Mas, para que haja essa consciência, o desafio do empreendedor de uma agência será manter um bom relacionamento com os clientes, apontar novas soluções e deixar muito clara a parceira.

Conquistar e fidelizar clientes na sua agência de marketing digital

Será que devo investir em uma área comercial para trazer clientes para minha agência de marketing digital? Essa é uma dúvida muito comum para quem está cogitando essa ideia de negócio.

Mas, ao contrário dos demais setores e nichos de atuação, uma agência de marketing digital pode atuar de forma diferente, principalmente no início. Neste artigo você já viu diversas dicas que demos para destacar a sua agência de marketing digital, principalmente nas redes sociais.

E essa deve ser o seu planejamento inicial e não contratar uma equipe comercial. Invista em campanhas no Google Adwords, anuncie seus posts no Facebook e Instagram e use o inbox para iniciar uma prospecção.

Faça também um e-mail marketing anunciando a sua chegada ao mercado e liste ao menos 10 empresas que gostaria que fossem parceiras.

Depois, concentre seus esforços na criação